ad

►News

latest

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM MAURÍCIO SOARES

21 de março de 2010

/ by Samuel Rodrigues

O assunto do momento na música gospel, cristã, evangélica, de crente; é a entrada da gigante Sony Music no nosso mercado.

MUKAMATRIX

Seu diretor executivo, Maurício Soares, depois de ter trabalhado em várias empresas do segmento e mais recentemente ter revolucionado o casting da Graça Music, agora assume a direção do selo gospel da gravadora Sony.

O Maurício Soares se mostrou acessível e incrivelmente transparente nessa entrevista inédita e exclusiva.

Como vários sites já entrevistaram o Maurício Soares, resolvi não fazer as mesmas perguntas e cutuquei nosso amigo para descobrir mais coisas sobre as estratégias da sua empresa.

Aqui ele fala do início da sua carreira, explica o que falta aos artistas cristãos, dá dica para quem quer entrar para a gravadora e, pasmem, dá em primeira mão a relação dos artistas que serão contratados pela Sony.


BLOG DO MUKAMATRIX - Maurício nos conte um pouco da sua trajetória até chegar numa gigante do mercado fonográfico como a Sony.

MAURÍCIO SOARES - Comecei trabalhando na VINDE, ministério do Rev.Caio Fábio em Niterói. Ali iniciei minha trajetória no segmento gospel trabalhando no mercado editorial como assessor de marketing. Cursei a faculdade de Comunicação Social onde me especializei em Propaganda e Publicidade.

Depois de uma passagem pela editora secular Ediouro fui convidado para implantar o departamento de marketing na MK Publicitá e ali iniciou meu trabalho na música gospel. Depois da MK, segui para a Line Records onde estive por 6 anos.

Na sequência, Toque no Altar e mais recentemente Graça Music onde promovemos uma verdadeira revolução. Em 2009 comecei a conversar com a direção da Sony Music e em janeiro deste ano iniciei o inédito projeto de implantar uma divisão gospel numa gravadora multinacional secular.

BLOG DO MUKAMATRIX - Você é só um profissional do marketing a serviço do mercado cristão, ou é um cristão a serviço do marketing? Você pertence a alguma igreja?

MAURÍCIO SOARES - Antes de qualquer coisa sou um cristão convertido ao Evangelho há 26 anos. Freqüento a Igreja Presbiteriana da Região Oceânica em Niterói onde sou pastoreado pelo Rev. Henrique Callado. Como profissional, sou publicitário com especialização em marketing atuando no mercado cristão há mais de 20 anos.

BLOG DO MUKAMATRIX - Ouvi há uns anos atrás que a Sony estava tentando entrar no meio gospel, isso é verdade? A Sony já estava de olho gospel no mercado há muito tempo?

MAURÍCIO SOARES - A Sony Music está sempre atenta às novidades e tendências do mercado. Durante muitos anos a direção da empresa observou o desenvolvimento do mercado gospel no Brasil. Diversas parcerias e aproximações com o mercado gospel foram tentadas ao longo dos últimos anos.

BLOG DO MUKAMATRIX -Claro que a Sony vai querer vendas, lucros, grana. Enquanto que os cantores e bandas gospel vão querer (pelo menos alguns) levar a Palavra. Você prevê muitos conflitos entre esses dois pontos de vista?

MAURÍCIO SOARES - Não há nenhum conflito. A Sony Music é uma empresa líder no mercado fonográfico que cumpre rigorosamente com suas obrigações.

Todo artista quer ver reconhecida sua arte e talento.

Mesmo que o objetivo de sua arte seja a adoração a Deus. Os artistas esperam que a gravadora divulgue seu trabalho e o remunere corretamente.

No caso da Sony Music temos como objetivo proporcionar um ambiente de respeito à produção artística de cada contratado. Temos um desafio de contribuir positivamente para um upgrade na relação artista x mercado x mídia.

Só pra completar, espera-se que qualquer empresa, seja ela gravadora, editora, livraria ou outro comércio ligado ao que convencionamos como “mercado gospel”, que esta tenha como objetivo buscar rentabilidade em suas operações.

Afinal são empresas e como tais devem pagar impostos, pagar dignamente seus funcionários e tudo mais.

BLOG DO MUKAMATRIX -A maioria das gravadoras concorrentes da Sony no mercado evangélico tem sua própria rádio, ou rede de rádios. Você como ninguém sabe disso. Como a Sony vai conseguir furar esse esquema, vai apostar no que chamam de mídia secular, ou vai se manter dentro dos meios de comunicação cristãos? Quais serão suas principais estratégias para seus artistas?

MAURÍCIO SOARES - A competência profissional e um cast bem montado são a base de nossa estratégia.

Temos um plano bem elaborado de mídia para trabalhar a divulgação de nossos projetos.

As gravadoras que estão ligadas à denominações que também emissoras de rádio em suas estruturas infelizmente não conseguem utilizar-se profissionalmente destes canais de mídia. Falo isso com bastante conhecimento de causa afinal tive experiência profissional em algumas destas gravadoras.

Para alguns artistas vamos investir além da mídia gospel em rádios e programas de TV seculares. Pela primeira vez teremos verba de investimento exclusivo por artista/produto para trabalharmos de forma profissional a divulgação.

BLOG DO MUKAMATRIX -Existirá alguma interferência da gravadora em relação ao repertório, turnês, conteúdos? Ou a gravadora simplesmente cuidará da distribuição e da propaganda?

MAURÍCIO SOARES - Todo o processo criativo será supervisionado pela gravadora. No entanto, nosso objetivo é dar suporte para que as produções tenham qualidade de acordo com o padrão Sony Music internacional. Cada artista e produtor terá liberdade em seus projetos, mas a gravadora estará acompanhando tudo de perto para colaborar no objetivo de finalizar um produto de qualidade.

BLOG DO MUKAMATRIX -Na Graça Music você lançou a Discopraise, Jó42 e o Thalles Roberto, artistas que não eram tão conhecidos. A Sony vai apostar em artistas novos, ou sairá atrás dos medalhões da música gospel?

MAURÍCIO SOARES - Num primeiro momento estamos buscando artistas mais estabelecidos no cenário gospel. Num segundo momento estaremos abrindo espaço para novos talentos.

BLOG DO MUKAMATRIX -Você já anunciou a contratação da Banda Resgate, isso é um prenúncio que dentro do seu selo, haverá um espaço para o rock´roll?

MAURÍCIO SOARES - Não só o rock como também haverá espaço para o pop, adoração, pentecostal, sertanejo, enfim, para a música gospel de qualidade em diferentes estilos.

BLOG DO MUKAMATRIX -Você estava na Gravadora do Toque no Altar, quando os componentes saíram. Hoje, já houve uma reconciliação entre as partes, mas o problema que gerou a situação nunca ficou esclarecido. Qual a maior dificuldade que você enfrentou em relação ao segmento gospel?

MAURÍCIO SOARES - Nosso meio ainda é bastante amador. Ainda carecemos de profissionais mais capacitados em nosso mercado. No meio artístico também percebemos um amadorismo absurdo e em alguns casos um discurso que não é acompanhado de atitudes coerentes.

BLOG DO MUKAMATRIX -Em sua opinião, existe muita diferença entre a postura profissional dos artistas crentes e a dos artistas não evangélicos? O que falta em profissionalismo para o segmento cristão?

MAURÍCIO SOARES - Poucos são os artistas gospel que procuram aprimorar seus talentos naturais. É tudo muito na base do feeling. Artistas como Aline Barros e André Valadão destacam-se entre tantos porque têm foco em suas ações. São profissionais sem perderem a espiritualidade.Os artistas evangélicos somente agora estão buscando montar estruturas de apoio mais profissionais.

BLOG DO MUKAMATRIX -A estréia do Desafio da Música Gospel não gerou muita resposta do Ibope. No próprio site da RedeTv não se vê muita coisa em relação ao programa. Ainda existe muita desconfiança em relação à música gospel por parte do mainstream?

MAURÍCIO SOARES - Vale a pena esclarecer que o programa não é da Rede TV! Ele é uma produção independente idealizado por um pastor do Rio de Janeiro. Como todo projeto inédito e de vanguarda, ainda precisa de tempo para ser avaliado.

De qualquer forma estamos torcendo pelo projeto e a Sony Music está apoiando a iniciativa. Estaremos lançando os CDs dos finalistas deste programa e participando de mais alguns projetos relacionados ao Desafio da Música Gospel.Com tantas denominações evangélicas que possuem TVs pelo país, é incrível que um pastor idealista tenha que produzir e investir sozinho num programa de música gospel. Torço pelo sucesso deste projeto!

BLOG DO MUKAMATRIX -Muita gente fala da pirataria, da concorrência da internet e dos downloads. Em contrapartida, os CDs custam em torno de 20 reais (os mais baratos). A Sony, por exemplo, lança os artistas e no mesmo site vende gravadores de CDs e DVDs. Nesse furacão de possibilidades, o mercado evangélico é menos vulnerável aos ataques da pirataria, partindo do pressuposto de que isso é declarado pecado?

MAURÍCIO SOARES - Há uma distorção em sua pergunta que merece ser corrigida. A Sony Music não vende gravadores de CDs e DVDs porque esta área de negócios é da Sony Electronics, uma outra empresa de nosso grupo.

Sobre a pirataria, mesmo no mercado secular observa-se uma enorme queda na venda de CDs piratas em nosso país. No meio gospel esta prática também tem tradicionalmente menor impacto. Creio que a ética cristã contribua positivamente para esta questão.
Muito artista deve estar mandando CDs para você. Você realmente ouve algum?

BLOG DO MUKAMATRIX -Aproveita e dá uma dica. O que o artista tem que pensar quando for mandar um cd para você?

MAURÍCIO SOARES - Tenho recebido em média 30 CDs por semana. Sempre ouço uns 10 a 15 por semana. Em alguns casos bastam não mais do que 60 segundos para o CD ser devidamente ejetado. Em outros casos aproveitamos uma canção, procuramos mais informações do artista e tudo mais.

Todo artista para ser reconhecido nacionalmente deve “estourar” em sua cidade, depois região e mais pra frente em todo seu Estado. O caminho é longo mas é exatamente desta forma que um artista chama atenção para as grandes gravadoras.

BLOG DO MUKAMATRIX -Quais os artistas do meio evangélico que você admira?

MAURÍCIO SOARES - Que pergunta mais arriscada! Então vamos lá, como consumidor de música eu curto os trabalhos de André Valadão, Kleber Lucas, Resgate, Bianca Toledo, Mariana Valadão, Heloísa Rosa e sem dúvida, Thalles.

BLOG DO MUKAMATRIX -Como o blog do Mukamatrix gosta de mostrar tudo antes, qual nova contratação você pode nos dar em primeira-mão?

MAURÍCIO SOARES - Resgate e Renascer Praise são os primeiros contratados (nota do blog - O BLOG DO MUKAMATRIX DEU ESSA NOTÍCIA EM PRIMEIRA MÃO, ANTES ATÉ DA ASSESSORIA DA RENASCER).

Nos próximos dias divulgaremos a contratação da dupla Rayssa e Ravel, da cantora pentecostal Elaine de Jesus e do cantor pop sertanejo Marcelo Aguiar. Temos ainda muitas outras novidades para este ano.Na linha internacional, em maio começaremos a distribuir com exclusividade no país os selos Provident e Verity.

BLOG DO MUKAMATRIX - Muito obrigado ao Maurício pela entrevista. Espero que a Sony seja um diferencial e com isso puxe para cima o nosso, tão amador, mercado gospel. E que a Sony também aposte em nomes que, embora não gerem tanta renda, possam elevar a qualidade da produção cristã no Brasil, como Palavraantiga, Carlinhos Veiga, Moisés de Souza, Cia de Jesus, Edmar Filho, Raízes, entre outros.
Postar um comentário
Don't Miss
© 2008-2017 all rights reserved Gospel Channel Brasil
made with by templateszoo