ad

►News

latest

Record estreia "Sansão e Dalila" com tecnologia comparada aos estúdios Disney

3 de janeiro de 2011

/ by Samuel Rodrigues

Cada capítulo de "Sansão e Dalila" custou R$ 800 mil, segundo a emissora. Protagonizada por Mel Lisboa e Fernando Pavão, série que adapta história da Bíblia foi gravada em 4 Estados.

A Record estreia amanhã uma das mais caras produções de dramaturgia da TV brasileira. Cada um dos 16 capítulos da minissérie "Sansão e Dalila", baseada na história bíblica, custou R$ 800 mil, o dobro de um capítulo da novela das 21h da Globo.

E, como possui menos capítulos do que uma novela -que tem cerca de 200-, significa também menos tempo para reaver o que foi investido.

A emissora afirma, no entanto, que o investimento já foi pago com o que recebeu de patrocínios e comerciais e que conta ainda com o dinheiro das vendas internacionais da série e de DVDs.

Entre os itens que tornaram os episódios quase milionários, estão uma produção toda filmada com câmeras HD (alta definição) e cenas externas gravadas em quatro Estados: Minas Gerais, Ceará, Rio Grande do Norte e Rio.

Devido à alta resolução das imagens, cada detalhe, como tecidos e maquiagem, foi testado antes das gravações, que começaram em julho e foram até dezembro.

Na adaptação, o autor Gustavo Reiz optou por antecipar a chegada da filisteia Dalila (Mel Lisboa) à vida do hebreu Sansão (Fernando Pavão), guerreiro cujo segredo da força incomum são seus longos cabelos.

"No fim, tudo culmina para uma história de amor", resume o diretor da série, João Camargo.

Mesmo com o foco na relação do casal, a promessa é de que em cada capítulo haja ao menos uma passagem clássica da história original, como a vitória de Sansão ao lutar com um leão e a retirada das portas de Gaza.

A preparação do elenco, que conta com 30 atores, começou dois meses antes das gravações, com aulas de um historiador sobre os costumes da época.

"Foi para o grupo entender como era viver 3.000 anos antes de Cristo, com essa falta de água e com o calor", contou Camargo.

A preparação depois se mostrou essencial durante as gravações no calor do Nordeste. "Isso [calor] realmente ajudou a compor os personagens", disse o diretor.

Para Camargo, a diferença entre "Sansão e Dalila" e "A História de Ester", minissérie de época que foi ao ar em 2010 no canal, é que a deste ano tem mais aventura.

"É mais shakespeariano, remete mais às produções da Disney", compara.



É esperar para ver quanto o investimento milionário vai influenciar na produção e nas atuações da série.

Fonte: Folha de São Paulo
Postar um comentário
Don't Miss
© 2008-2017 all rights reserved Gospel Channel Brasil
made with by templateszoo