Católicos detonam Jean Willys no Twitter


Católicos brasileiros promoveram no final da tarde desta quinta-feira (19) um ‘twitaço’ pedindo a retratação do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Com a hashtag #RetrateseDepJeanWyllys, eles reclamam de um artigo publicado no Jornal do Brasil no qual o deputado associa o Papa ao nazismo.“Suspeito e acusado de ser simpático ao nazismo disse que o casamento civil igualitário (união homossexual) é uma ameaça à humanidade”, disse ele, em referência a uma matéria publicada pela Reuters.

No twitter, o deputado chamou Bento 16 de “genocida em potencial”. “Espero que os estados laicos do Ocidente não cedam à pressão desse genocida em potencial”, postou o deputado partidário das causas homossexuais. Segundo ele, “Bento 16 e sua instituição não tem moral para fazer esse tipo de acusação a nós, homossexuais! não tem moral pra falar de nosso amor!”

De acordo com matéria de Philip Pullela, da agência Reuters, "o Papa Bento disse que o matrimônio gay é uma das várias ameaças à família tradicional que ameaçam ‘o próprio futuro da humanidade’". Após revisar o discurso do pontífice, no entanto, o jornalista Andrew Brown, do jornal britânico The Guardian, acusou colega de atribuir ao Papa uma declaração que ele não fez.

Pelo visto o deputado Jean tem muito preconceito contra as pessoas que possuem opiniões que causem incômodo nos homossexuais...

Reuters/Yahoo/Gospel Channel
Católicos detonam Jean Willys no Twitter Católicos detonam Jean Willys no Twitter Reviewed by Samuel Rodrigues on 21:26 Rating: 5
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.