ad

►News

latest

Resenha do novo CD de Damares "O maior troféu"

18 de maio de 2013

/ by SMK Editors


Gospel channel Brasil - Provocador Gospel / Ao contrário de muitos outros blogs e sites da web todo mundo que me acompanha sabe que gosto de dar um tempinho antes de começar a escrever uma resenha. Aliás ja estão me cobrando há quase duas semanas sobre essa análise. Para os que começaram a me acompanhar agora, saibam que minha opinião não se restringe somente as músicas, mas sim no trabalho todo, inclusive em relação ao último.


O novo CD da Damares trás uma nova perpectiva em relação a música pentecostal. Novos ritmos se misturando com os velhos! O pop veio com força mas sem forçar para o esquecimento do pentecostal tradicional que pode ser ouvido em algumas faixas do álbum. Foram 80 mil discos vendidos em tempo recorde, lembrando que o playback não chegou as lojas junto com o cantado, como aconteceu com "Diamante" em 2010. Talvez por isso não vendeu ainda mais, pois, para quem não sabe ou se esqueceu, playback é contabilizado como venda, afinal é a mesma obra musical, porém sem a voz da cantora. 


Vários detalhes me chamaram a atenção. Começando pelo projeto gráfico, que ficou muito fora dos padrões das cantoras pentecostais, talvez por isso várias pessoas não se agradaram dele. Parabéns pela ousadia em fazer algo diferente, mas esse projeto merecia mais.. Saudades daqueles tempos em que um encarte vinha com várias lâminas recheadas de fotos!! Me deu também uma impressão de que a Quartel Design só é boa mesmo em fazer capas. Julgando só pela capa esperava um projeto gráfico mais ousado e não apenas bicolor!! Creio que estamos todos acostumados com a "mesmice", esperando apenas "o de sempre", dessa vez o novo CD da cantora veio totalmente diferente dos dois últimos. As fotos em estúdio ficaram ótimas.

Saiu da Sonopress com a primeira tiragem em AA 100.000 e a segunda já está a caminho das lojas. Foi produzido por Melk Carvalhedo e Emersom Pinheiro, este último uma das novidades desse trabalho, o Melk já é de casa! As fotos foram tiradas por Manoel Guimarães e Marcos Hermes.

O back vocal estrondou perfeitamente nos louvores: Fael Magalhães, Adiel Fer, Paulo Zuckini, Kennedy Telles, Josy Bonfim, Joelma Bonfim, Miriam Cristina, Márcia Fer, Janeh Magalhães, Cleyde Jane e Rubão.

"O maior troféu" vai ser um dos álbuns mais vendidos do ano, afinal, Damares é um nome forte na atual música gospel. Seu CD já se espalhou por toda região sudeste e sul do país. Em pouco tempo conseguirá mais premiações pela ABPD e CVG. Podem muitos falar mal dele, mas ele vai vender muito; a Sony Music investiu pesado nesse produto. Foi até masterizado em Nova Iorque no Sterling Sound. Estúdio que é referência mundial. Só para essa fase foram mais de U$$ 3.300,00 (mais de R$ 7.000,00 - cot. 17/05  )  investidos pela gravadora. O engenheiro responsável foi Tom Coyne, que já realizou trabalhos para cantores seculares internacionais como Chris Brown, Britney Spears, PSY, Usher, Adele, One direction, entre outros. A Sony Music inteira foi colocada a disposição para o novo CD de Damares, já que "Diamante" movimentou cerca de R$ 8.000.000,00 na média de R$ 20,00 por disco, é de se esperar que "O maior troféu" consiga, pelo menos, o mesmo efeito.

Aos poucos as pessoas estão conhecendo o novo CD de Damares. Opiniões estão sendo formadas a cerca dele. O disco não se compara ao "Apocalipse" e "Diamante". Dessa vez tudo ficou diferente, desde o projeto gráfico, como já disse, até os arranjos musicais e o estilo da cantora. Nesse trabalho a morena não cantou músicas com abordagem de fenômenos naturais ou com temas de estudo da biologia, que muitos começaram a criticar por ser sempre a mesma coisa. Estão está aí "O maior troféu" com letras de adoração, arrebatamento e poder de Deus. Até Agailton Silva ficou de fora  para que tudo saísse diferente do acostumado. As canções do projeto "Diamante" foram sucesso em todo o Brasil. O álbum já entrou para a galeria dos maiores CDs pentecostais já lançados no país. Vamos ver se "O maior troféu" consegue também.

1. "A vida venceu" - Cantar Bíblia era o que o público pentecostal mais pedia para que as cantoras desse estilo voltassem a louvar. Bom esta aí!! O carro chefe do CD nos fala de como Jesus venceu a morte na cruz. Uma linda canção escrita por Jeann e Júnior e produzida muito bem por Melk carvalhedo. Aqui já percebemos uma mudança em relação aos dois últimos CDs da penteca. Um pentecostal que há muito não ouviamos na voz dos grandes nomes desse ritmo centenário. "A vida venceu" é uma música simples mas cheia da unção de Deus. O refrão foi muito bem trabalhado. É assim que uma cantora pentecostal tem que fazer.

2. "O maior troféu" - Essa canção foi escolhida como o primeiro single do CD. Quando foi divulgada o nome dela nas redes sociais muito foi a especulação de que mais uma vez Damares só ia cantar vitória. Todos se enganamos! "O maior troféu é no livro da vida", "O maior troféu é saber que um dia no coral Celeste eu irei cantar", aqui na terra nada se compara com o que Deus tem reservado para nós lá no céu. Esse é o verdadeiro sentido de "O maior troféu". Tema bem definido. O back vocal foi colocado muito bem na repetição dos dois últimos coros. A composição é de Tony Ricardo. A produção é de Melk Carvalhedo.

3. "Todo olho o verá" - Damares também é conhecida como a cantora de músicas apocalipticas. Diferente dos anteriores, dessa vez a cantora abordou o tema "arrebatamento" e não os desastres causados pelo fenômeno. Me agradei muito ao ouvir essa faixa. Imagino vários corais louvando nas igrejas com essa canção. O refrão é muito contagiante e não tem como ficar sem adorar a Deus. A composição é de Moisés Cleyton com produção de Melk Carvalhedo.

4. "Pode ser hoje" - Me arrisco em dizer que essa música vai fazer um enorme sucesso em todas a igrejas pentecostais. Talvez o segundo single do álbum. A compositora Tângela Vieira escreveu uma canção muito forte que foi muito bem interpretada e produzida. Um pentecostal de emocionar a igreja inteira. Falar do arrebatamento dessa forma alegra o coração do crente. A produção é de Melk Carvalhedo. Aliás até aqui só teve o ritmo pentecostal.



5. "A essência da adoração" - Aqui começa o pop-pentecostal, mas bem produzido. Um louvor perfeito para o grupo de jovens da igreja. O coro é trabalhado várias vezes, e os arranjos musicais são perfeitos durante toda a canção. Back vocal explodiu nos refrões. Já esperava que Emersom Pinheiro surpreendesse a todos. O produtor é muito bom em criar novos ritmos.

6. "A dracma perdida" - Confesso que não me agradei na participação de Thalles nessa canção. Não faz sentido unir cantores de estilos tão diferentes em um CD. Creio que só Damares cantando iria ter ficado bem melhor. Tirando esse detalhe a canção é bonita mas os arranjos deixaram a desejar. Somente os dois últimos refrãos ficaram bem trabalhados.  A produção foi de Melk Carvalhedo. A composição é de Anderson Freire.

7. "Adorador" - Achei difícil analisar essa faixa. Ouvi ela várias vezes, e não conseguia me expressar sobre ela. Aí entendi o que ela representa. Um verdadeiro adorador ninguém entende. Pode estar passando a maior dificuldade, mas ele continua adorando a Deus, não importa a circunstância, o importante é adorar. O back vocal mais uma vez mandou super bem. Os arranjos ficaram simples, mas bem colocados. A composição é de Nice Santos com produção de Melk Carvalhedo.

8. "Você mais Deus" - Voltamos ao pentecostal tradicional. Refrão é bem explorado pelos arranjos musicais. Fiquei surpreso ao ver que foi Emersom Pinheiro que produziu essa faixa. Bom produtor pentecostal! [rsrs] Bons produtores conseguem explorar vários estilos. Gostei mesmo. A frase "Você mais Deus é maioria" vai pegar em todo canto. A composição é de Moisés Cleyton.

9. "Sou teu Deus" - Essa canção se compara ao estilo pop-adoração. Nos momentos mais difíceis é muito bom ouvir a voz de Deus. Por algum motivo me lembrei de Rose Nascimento ao ouvir essa faixa. A letra é muito linda e os arranjos musicais ficaram perfeitamente encaixados. A produção é de Emersom Pinheiro e a composição é de Moisés Cleyton.

10. "Alto preço"- Escrita por Anderson Freire temos um tema pouco abordado atualmente na música pentecostal. O motivo do cristão pagar o preço, e as vezes um alto preço, mesmo que Jesus já tenho pago por nós na cruz, todos temos que continuar guardando nossa santidade e isso não é barato. temos que negar tudo e aceitar somente a Jesus. Vale muito a pena ser fiel a Deus. A produção musical de Melk Carvalhedo.

11. "Temporal de poder" - Essa faixa tem muito do estilo Damares para quem quer matar a saudade. E dessa vez quem escreveu foi Tângela Vieira. A canção também está sendo bem tocada nas rádios. Uma mistura de fenômenos naturais com o poder de Deus; "Enchentes de milagres", "Tempestade de Glória", "Deus carrega as nuvens e manda vitória", esse estilo único da cantora!!!  A produção é de Melk Carvalhedo.

12. "Oração de Jabes" - Um louvor muito lindo e profundo. Tão simples e com uma mensagem forte. Poucos conhecem a história de Jabes, se resume a 1ª Crônicas 4:9. A propósito, na Bíblia o nome dele é com Z só no encarte mesmo ele está com S, aliás, vários erros gramaticais estão no encarte, mas não vamos comentar. Arranjos musicais mais uma vez merecem destaque; Emersom Pinheiro soube explorar muito bem essa música. A composição é de Anderson Freire. Damares se encaixa muito bem nesse estilo.



13. "Davi ou Mical" - Sou fã de forrózinhos, mas confesso que esse aqui poderia ter ficado melhor. Mas Damares pelo menos fez uso desse ritmo, porque muitas cantoras pentecostais estão dando as costas para o primeiro dos ritmos pentecostais. Mais uma vez o tema abordado é a adoração. Dessa não interessa a posição social, o importante é adorar. A composição é de Moisés Cleyton com produção de Melk Carvalhedo.

14. "Tô na estrada" - Damares cantando sertanejo universitário talvez seja a maior novidade desse projeto. Melk Carvalhedo é especialista em produzir esse ritmo na música gospel pentecostal. Excelente canção, pelo menos pra quem gosta!! A composição é de Anderson Freire.

15. "Celebrando a vida" - Bom, essa canção também não me agradou. Jotta A não se encaixou aqui muito bem. Brenda não é bem a cara do estilo pentecostal. Anderson Freire ficou legal, mesmo assim Damares sozinha daria conta dessa canção. Meu deu a impressão de que quiseram encher o CD de cantores da momento. Thalles, Anderson Freire, Jotta A e Brenda. Pra que tanta participação especial?! No CD "Diamante" Damares deu conta do recado. Tirando essa "gritaria" a música é bonita. Mas ela não fecha legal o álbum.
 
16. "Sonhe" - Essa sim era a faixa apropriada para fechar o CD. Deveriam ter escolhido essa para entrar no CD físico e deixado "Celebrando a vida" no formato digital. Uma linda canção com uma mensagem simples mas bem reflexiva. A composição é de Anderson Lima e Tony da Mata.



Nota feita em 14/05 corrigida em 18/05 às 16:54 pelo autor PG
Tabela errada na postagem - ATUALIZADA



© 2013 Gospel Channel Brasil - Não copie sem autorização / Salvo ao citar a fonte
Provocador Gospel - The Most Gospel Company / Imagens: Sony Music Entertainment Ltda
Contato: gospelchannel@globomail.com / controletmgc@gmail.com
© 2008-2013 Gospel Channel Brasil

Tabela 2.0


 
Postar um comentário
Don't Miss
© 2008-2017 all rights reserved Gospel Channel Brasil
made with by templateszoo