ad

►News

latest

Cada coisa: Segundo a dona, membros da Assembleia de Deus são proibidos de ir ao seu restaurante nordestino

18 de setembro de 2014

/ by Gchannel777
RIO - Um restaurante especializado em culinária nordestina diz que o comando de uma igreja evangélica, a Assembléia de Deus Ministério de Campinho, que fica a poucos metros do local, proibiu os fiéis de frequentarem o estabelecimento, alegando que a comida era preparada em conjunto com um centro espírita que fica ao lado da loja. Segundo a dona do restaurante, conhecida como Iaiá, o fato de ela trabalhar caracterizada com trajes típicos da Bahia reforça para eles essa ligação.



O imbróglio acontece na Rua Ana Teles, em Campinho, Zona Norte do Rio. - Eu soube através de uma pessoa da igreja, que não posso dizer o nome, que o pastor não deixa os fiéis virem aqui. Essa informação também me foi passada pela minha irmã, que tem uma loja de móveis de decoração em Penedo e, coincidentemente, recebeu por lá algumas pessoas da igreja. E, quando eles estavam acertando o local da entrega das compras, minha irmã falou que eu tinha um restaurante na mesma rua, aqui na Ana Teles. Foi aí que eles contaram que o pastor não deixava eles comerem aqui, dizendo que a comida vinha do centro espírita. Isso não é verdade, não tenho relação com o centro - afirma a dona do Casarão da Iaiá.

 O restaurante funciona no local há 1 ano e quatro meses. Iaiá, que diz receber clientes de diversos bairros do Rio, revela que, no início, até pensou em trocar a roupa de baiana por uma que a caracterizasse como Maria Bonita. Mas a ideia foi logo descartada. - Aqui é um comércio e eu não tenho que envolver religião, partido político ou time. Tenho que respeitar cada um. Minha obrigação é fazer uma boa comida e proporcionar um bom atendimento. 



Meu restaurante não tem nada a ver com religião, tem a ver com o Nordeste e com a Bahia - ressalta.

O pastor Manassés Brito, fundador e líder da Assembléia de Deus Ministério de Campinho, nega o veto. - Essa informação é inverídica. Os frequentadores da igreja comem onde quiserem. Eles são livres. É como na política, os membros da igreja não sabem em quem eu vou votar e nem eu sei deles - finaliza o comandante do templo, que funciona no local há 19 anos e possui cerca de 1.000 frequentadores.

Gospel Channel - Fernando Vieira - O Globo
Postar um comentário
Don't Miss
© 2008-2017 all rights reserved Gospel Channel Brasil
made with by templateszoo