ad

►News

latest

EUA: Atirador nos EUA mata 9 em igreja da comunidade negra

18 de junho de 2015

/ by Gchannel777

Atualizada 9:05- Pastor do templo, o senador estadual Clementa Pinckney, está entre os mortos. Polícia caça jovem branco que disparou na Igreja Metodista Episcopal Africana Emanuel em Charleston, na Carolina do Sul




CHARLESTON, Carolina do Sul - Nove pessoas foram mortas após um homem branco disparar em uma igreja de comunidade negra no centro de Charleston, na Carolina do Sul, na noite desta quarta-feira, num ato descrito pela polícia como um crime de ódio. O suspeito, de aproximadamente 21 anos, está sendo caçado pelas forças de segurança. Havia uma suspeita de bomba no local do ataque, próximo ao Charleston Marriott Hotel, mas o chefe da polícia da cidade, Gregory Mullen, disse que não foram encontrados explosivos. O pastor da igreja, o senador estadual Clementa Pinckney, está entre os mortos.

O ataque aconteceu na Igreja Metodista Episcopal Africana Emanuel, uma das mais antigas da comunidade negra de Charleston. A região foi isolada por volta das 21h (hora local), com várias viaturas policiais e ambulâncias.

— Havia oito mortos dentro da igreja. Duas pessoas feridas foram levadas ao hospital e uma faleceu. No momento, temos nove vítimas fatais deste crime de ódio — disse o chefe da polícia de Charleston, Gregory Mullen.

Na manhã desta quinta-feira, a polícia divulgou imagem do suspeito e disse que ele ainda pode estar na área.






Além do Departamento de Polícia de Charleston, o FBI também participa das investigações.

O atirador seria um jovem branco, de aproximadamente 21 anos, e teria um porte atlético. Ele estaria vestindo moleton cinza, calça jeans e botas.



Mais cedo, testemunhas disseram à rede TV americana CNN que havia muitos corpos dentro da igreja que ainda não foram identificados.

— Isso é terrível. É um cenário muito triste — disse um pastor.





Um homem chegou a ser preso com descrição semelhante ao do suspeito de ter realizado o ataque, mas foi liberado.

A Igreja Metodista Episcopal Africana Emanuel foi construída em 1819 quando membros afro-americanos da Igreja de Charleston criaram sua própria congregação e é uma das mais antigas da cidade. Todas as noites de quarta-feira há um estudo bíblico no local.

O crime supõe um novo golpe para a comunidade negra nos Estados Unidos, que nos últimos meses tem sido vítima de crimes aparentemente motivados pelo racismo, em particular homicídios cometidos por policiais brancos contra homens negros desarmados. 

Foi o caso de Ferguson em 2014 e o de Baltimore há algumas semanas, além de vários crimes semelhantes cometidos em Charleston no ano passado que desencadearam tensões raciais em todo o país.




Gospel Channel USA
Fotos Divulgação CNN

Postar um comentário
Don't Miss
© 2008-2017 all rights reserved Gospel Channel Brasil
made with by templateszoo