Falar das incríveis atrocidades de algumas "igrejas", se é  que podemos chamá-las assim, já deixou de ser algo espantoso. Mas como o GC tem como foco levar a mensagem do evangelho de Cristo e nada mais, decidimos falar mesmo assim...

Carnaval chegando e breve a Páscoa, esse é o período em que algumas igrejas aproveitam os feriados prolongados para fazer seus eventos especiais anualmente.

Com origem nas igrejas neo-pentecostais, esses eventos, atraem pessoas de todos os lugares de perto e de longe....

Segundo eles é uma forma de intensificar um clamor específico com um tema do ano.

Esses eventos acontecem em lugares estratégicos, como estádios e em lugares com espaço amplo com capacidade de aglomerar um grande número de pessoas.

E é claro que eventos dessa proporção, não saem tão baratos.

Levantamos alguns dados sem nenhuma pretensão em números exatos ... por isso jogamos os dados sempre a valores médios abaixo para não darmos a você leitor e impressão de que poderíamos estar perseguindo alguma denominação específica.

Fizemos um cálculo para o estado de São Paulo, de uma igreja de grande nome e que possui muitos templos em todo país e no exterior,



1. Suponhamos que a ordem da direção da igreja para um evento acontecendo na cidade de São Paulo/SP, que as filiais de todos os municípios devam levar caravanas de todo o estado... Segundo o Wikipedia, o estado de São Paulo tem 645 municípios, mas, usaremos metade para calcularmos um número fictício de templos, podendo alternar para mais e menos


322 municípios com 1 templo = 322 Templos
(Se houvesse 1 templo por cidade)

Para cada templo, usaremos uma base de 250 a 350 membros
(Base de um templo para sede da cidade)

2. 1(um) ônibus padrão de viagem com Ar-condicionado, TV, Wi-fi, frigobar, etc, tem 44  
lugares. Seriam necessários 7 Ônibus para levar todos os membros. Mas não podemos considerar que todos irão ao evento.
Então vamos usar apenas 3 ônibus de 44 lugares cheios


3. A locação de um ônibus para uma viagem de 300 km custa em média de R$ 1.500,00 à  R$ 3.500,00 dependendo da empresa.
Mas para esse cálculo, usaremos um valor base de R$ 2.500,00


Somente o valor de transporte pago pela igreja, por caravanas do estado de São Paulo, seria a bagatela de:R$  2.415.000,00 (Dois Milhões, Quatrocentos e Quinze Mil Reais)

Sem contar os gastos no local, como estrutura de palco, som, equipe, entre outros. 
O valor daria para alimentar 6.700 crianças africanas durante 1 ano!


Em meio a tanto “esbanjamento” da igreja que detém a missão dada por Cristo de Cuidar dos pobres e necessitados (Mateus 19:21) parece meio injusto dizer que a organização é uma igreja cristã, porque se a mesma leva consigo os mandamentos de Cristo, antes de qualquer mega-evento, talvez devesse cumprir um dos mandamentos de Jesus.




Quando tratamos de fome no continente Africano, usamos como base, um dos lugares que mais sofre pelo descaso dos governantes, e da igreja.

Enquanto poucas e pequenas igrejas, preparam e enviam missionários para esses lugares, que muitas das vezes passam as mais diversas dificuldades básicas, como higiene e alimentação, e em alguns lugares, perseguição religiosa, outras exploram o povo para a realização desses eventos.




O ex-paquito Alexandre Canhoni, desde 2002, vive integralmente em missões no Níger, o País mais pobre do mundo. O missionário, vive com a esposa e os 19 filhos adotivos, levando a palavra de Deus para Muçulmanos.

Em entrevista ao GC, Alexandre conta das dificuldades que enfrenta todos os dias:




“- Nós não fomos enviados por ninguém… Foi uma visão que eu tive, em vir ajudar o País mais pobre do mundo. Temos muitos ministérios que nos ajudam, por sermos uma instituição social e comunitário, então nosso ministério é interdenominacional… Qualquer um pode ajudar.”



“- Dificuldades sempre temos… Dificuldades do campo… As dificuldades fazem parte do discipulado prático diário que Jesus disse. A gente olhando pro alvo, pra Jesus, vamos suportando e passando tudo isso, e tudo caminha bem.”



“- Ajudar um País que tem o último IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do planeta, é um diferencial. 85% da população tem apenas, uma alimentação diária, 85% da população não sabe escrever o próprio nome, a idade média da população é de 45 anos...Estamos dentro do deserto do SAARA, enfrentamos várias tempestades de areia, comida escassa…”




“- Mas no geral o que podemos falar de dificuldade, às vezes vêm do próprio povo que se diz cristão... Às vezes soam muita cobrança ao invés de perguntar como estamos, ou se precisamos de algum tipo de oração específica… Cobrança do tipo, se batizamos alguém, ou quantos membros temos na igreja, que quando falo de igreja, não falo de templo, falo de pessoas… Bobeiras desse tipo.”




“- Não temos templo aqui, até porque, isso afastaria as pessoas, por ser um país muçulmano, além do que temos de ser como cartas viva de Cristo, nosso testemunho é o que mais importa do que ficarmos com uma bíblia debaixo do braço, pra lá e pra cá, e não vivendo nada do que Jesus disse para vivermos.”

O ministério de Alexandre Canhoni, atua em 4 creches, 9 projetos de nutrição, 1 Centro esportivo, 2 projetos para mulheres, tudo de forma evangelística.

Perguntamos ao Alexandre, qual mensagem ele deixa para a igreja Brasileira na situação em que vive, e ele disse:

“- Primeiramente que olhemos mais para o Senhor, lembrando que ele vai buscar uma igreja só, no qual Jesus é o cabeça, esquecer esse negócio de placa denominacional, e pensar em reino de Deus e amar mais como Jesus amou, perdoar como Jesus perdoou, ser misericordioso como Jesus é, enfim… viver os capítulos 5,6 e 7 de Mateus. Temos primeiro ser discípulos para discipular.  As pessoas precisam ser discípulos, pois a igreja que virá buscar, é uma igreja de Discípulos.

Abaixo, você encontra alguns vídeos que mostram um pouco mais sobre esse trabalho do Alexandre.







Se você se interessou por esse ministério, e deseja ajudar ou saber um pouco mais, visite o site, e deixe sua doação. O ministério vive, inteiramente de doações.

Deixe nos comentários, outras formas que a igreja poderia ajudar ainda mais obras que mostram o verdadeiro evangelho como essa.
Share To:

Thales Correia

Post A Comment: