Após gravação de Temer, relator suspende Reforma Trabalhista

Senador do PSDB, Ricardo Ferraço defende que prioridade do Congresso Nacional é dar uma solução para a crise institucional

O discurso de aliados do presidente Michel Temer, de que as revelações da delação premiada do empresário Joesley Batista não vão comprometer o andamento das reformas econômicas, começou a ruir. No final da manhã desta quinta-feira, o relator da Reforma Trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), anunciou, em nota à imprensa, a suspensão da tramitação do projeto no Congresso até a conclusão da crise institucional. 

 “A crise institucional que estamos enfrentando é devastadora e precisamos priorizar a sua solução, para depois darmos desdobramento ao debate relacionado à reforma trabalhista”, afirmou o parlamentar. Ferraço acrescentou que “não há como desconhecer um tema complexo como o trazido pela crise institucional. Todo o resto agora é secundário.” 

 Projeto com fortes resistências de sindicatos e movimentos sociais, a reforma consiste em um conjunto de medidas de alteração da legislação trabalhista, centrado no privilégio das negociações entre patrões e empregados, que passariam a ter valor de lei. Ao lado da Reforma da Previdência, é uma das propostas-símbolo do governo do presidente Temer.

Gospel Channel com informações da VEJA
Após gravação de Temer, relator suspende Reforma Trabalhista Após gravação de Temer, relator suspende Reforma Trabalhista Reviewed by Samuel Rodrigues on 19:25 Rating: 5
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.