Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador NEYMAR. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador NEYMAR. Mostrar todas as postagens

CNBB repudia capa de revista com montagem de Neymar crucificado

Nota oficial assinada pelo presidente da entidade foi divulgada nesta sexta. Para o cardeal, a publicação teria comparado o atleta a Jesus Cristo.



A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou na tarde desta sexta-feira (28) uma nota em que manifesta indignação contra a capa da edicação de outubro da revista Placar na qual se vê uma montagem com a imagem de Jesus Cristo crucificado tendo o rosto do atacante do Santos e da seleção brasileira, Neymar.

A nota foi assinada pelo cardeal Dom Raymundo Damasceno, presidente da entidade e arcebispo da Arquidiocese de Aparecida, no Vale do Paraíba. Ele está em Brasília (veja a íntegra abaixo).

Em trecho de nota, o cardeal afirma que reconhece a liberdade de expressão como princípio democrático, mas questiona a falta de limites no exercício profissional no caso.

"A ridicularização da fé e o desdém pelo sentimento religioso do povo por meio do uso desrespeitoso da imagem da pessoa de Jesus Cristo sugerem a manipulação e instrumentalização de um recurso editorial com mera finalidade comercial", afirma a nota.
Ele afirmou ainda que a imagem constitui numa clara falta de respeito que ofende o que existe de mais sagrado pelos cristãos.

Explicação
A capa da edição deste mês da revista fala que Neymar vem sendo "crucificado" pelas acusações de que o atleta vem utilizando o recurso de simular faltas para tentar induzir a arbitragem a errar durante as partidas.

Em nota divulga no site da publicação, a revista pediu desculpas a quem se se sentiu ofendido pela imagem da capa e explicou que em nenhum momento foi intenção da revista ferir a religiosidade de ninguém.

"Vale esclarecer que a analogia da fotomontagem é com a crucificação como método de execução pública praticado antigamente. Quando a reportagem estava sendo produzida, surgiu a palavra “crucificação”, usada corriqueiramente hoje em dia, e daí veio a imagem da condenação e da crucificação", diz outro trecho da nota (veja a íntegra abaixo).
Veja íntegra da nota da CNBB:
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, manifesta profunda indignação diante da publicação de uma fotomontagem que compõe a capa de uma revista esportiva na qual se vê a imagem de Jesus Cristo crucificado com o rosto de um jogador de futebol.
Reconhecemos a liberdade de expressão como princípio fundamental do estado e da convivência democrática, entretanto, que há limites objetivos no seu exercício. A ridicularização da fé e o desdém pelo sentimento religioso do povo por meio do uso desrespeitoso da imagem da pessoa de Jesus Cristo sugerem a manipulação e instrumentalização de um recurso editorial com mera finalidade comercial.
A publicação demonstrou-se, no mínimo, insensível ao recente quadro mundial de deplorável violência causado por uso inadequado de figuras religiosas, prestando, assim, um grave desserviço à consolidação da convivência respeitosa entre grupos de diferentes crenças.
A fotomontagem usa de forma explícita a imagem de Jesus Cristo crucificado, mesmo que o diretor da publicação tenha se pronunciado negando esse fato tão evidente, e isso se constitui numa clara falta de respeito que ofende o que existe de mais sagrado pelos cristãos e atualiza, de maneira perigosa, o já conhecido recurso de atrair a atenção por meio da provocação.

Veja íntegra da nota da revista
Em primeiro lugar, a Placar pede desculpas a quem se sentiu ofendido pela imagem de capa. Em nenhum momento foi intenção da revista ferir a religiosidade de ninguém. Respeitamos todas as crenças e defendemos a liberdade de praticá-las. Mas estamos falando exclusivamente de futebol. Vale esclarecer que a analogia da fotomontagem é com a crucificação como método de execução pública praticado antigamente. Como mostra a reportagem, Neymar vem sendo “apedrejado” publicamente com a pecha de “cai-cai”.
O maior jogador brasileiro, ícone da arte no esporte, virou, para muitos, o símbolo da dissimulação, da tentativa de burlar as regras do jogo. Ele cometeu e comete suas falhas, mas ficou com uma imagem de “criminoso esportivo”. Quando a reportagem estava sendo produzida, surgiu a palavra “crucificação”, usada corriqueiramente hoje em dia, e daí veio a imagem da condenação e da crucificação. Acreditamos que a leitura da reportagem será ainda mais esclarecedora.

Do G1 - Vale do Paraíba e Região
 Gospel Channel Brasil 

Nascido em lar evangélico, Neymar não ficou deslumbrado com a fama


O jogador Neymar, do time paulista Santos Futebol Clube é um dos mais bem pagos da atualidade e vem sendo assediado por clubes europeus como Real Madrid e Barcelona.

Com o anúncio da assinatura do novo contrato com o time da Baixada Santista, o craque deve ganhar um salário em torno de R$ 3 milhões, o que incluiria os contratos publicitários, segundo especulações.

O salário milionário abriu uma nova perspectiva para o adolescente de 19 anos, que veio de família humilde.

Segundo a revista Contigo, o jogador confessa que no início ficou um pouco deslumbrado com a fama.

“Fui criado em uma família humilde. Até se acostumar com as coisas novas que o mundo te proporciona, se não tiver Deus na sua vida, você se deslumbra um pouquinho. Tenho uma família evangélica, que me ensinou e me educou muito bem. Então, deslumbramento eu nunca vou ter. Tenho a cabeça boa e uma família maravilhosa”.

De família evangélica, Neymar chegou a pedir que colocassem o hit gospel “Uma nova história”, de Fernandinho, em uma reportagem do Fantástico que falava do jogador.

Entretanto, o craque gera opiniões diversas sobre ser um cristão ao ser visto frequentemente em baladas e ultimamente foi flagrado em uma festa em seu iate ao lado da modelo Carol Abranches.

Sobre a experiência de ser pai, Neymar disse que é um fato maravilhoso, e isso teria pesado em sua decisão de continuar em um time brasileiro.

“Passo praticamente o tempo todo com o meu filho. Sempre quando tenho folga, tenho um tempinho, vou visitá-lo. Sou um pai coruja”, comentou à revista.


Christian Post - Jussara Teixeira
Gospel Channel RCSP

Neymar paga R$ 13 mil de dízimo por mês para igreja evangélica


O jogador Neymar, da Seleção Brasileira e do Santos, é um fiel seguidor da Igreja Batista Peniel, que conta com 73 unidades.

Segundo a revista Veja São Paulo, da Editora Abril, o jogador de 19 anos paga até R$ 13 mil por mês de dizimo para a igreja comandada pelo pastor Newton Lobato.

“Ele é generoso, começou a ser dizimista ainda criança. Contribuía com 10 ou 20 reais. Agora, a mãe dele entrega um envelope em seu nome, que varia entre 12.000 e 13.000 reais por mês. O Neymar tem reconhecido a influência de Deus sobre o seu talento”, disse o pastor.

Sobre o filho do garoto que está por vir, o pastor falou que “prega que as pessoas não façam sexo antes do casamento, mas que não fecha a porta para ninguém”.

ENTREVISTA:

Quando conheceu Neymar?
Ele tinha 8 anos quando chegou com o treinador do time de futsal Gremetal, onde jogava na época. Gostou tanto que trouxe os pais. Por conta da agenda, hoje ele consegue vir apenas uma vez por mês. Em geral, às quintas-feiras.

Ficou chateado quando descobriu que Neymar será pai aos 19 anos?
Prego que as pessoas não façam sexo antes do casamento, mas não fecho a porta para ninguém.

O jogador paga dízimo?
Ele é generoso, começou a ser dizimista ainda criança. Contribuía com 10 ou 20 reais. Agora, a mãe dele entrega um envelope em seu nome, que varia entre 12.000 e 13.000 reais por mês. O Neymar tem reconhecido a influência de Deus sobre o seu talento.

Como se dá essa influência?
Uma vez, abri a Bíblia e veio a palavra profética de Deus para ele, então com 15 anos. Pedi para que o menino ficasse de pé para escutar a mensagem divina. Como instrumento de Deus, falei que ele seria um dos principais jogadores do mundo. A palavra se concretizou.
Fonte: Abril-Veja SP

FICOU SABENDO?:Se espelhando em Kaká, o jogador do Santos Neymar confessa sua fé Cristã


Neymar, 17, afirma ter Robinho como inspiração em campo, mas enxerga em Kaká o exemplo de conduta fora das quatro linhas. Revelação do Santos, o atacante se diz vacinado contra deslumbramentos, algo corriqueiro na carreira de estrelas recém milionárias, e segue os passos do craque do Milan, reforçando a linha dos jogadores a serviço de Deus.

Neymar faz o perfil de um atleta evangélico: participa de ações filantrópicas, diz que jamais assinará contratos com empresas de bebidas alcoólicas quando alcançar a maioridade, vai à igreja pelo menos uma vez por semana, evita baladas noturnas, e prefere encontros com amigos em restaurantes ou mesmo em casa, a exemplo de Kaká.

“O Kaká é uma pessoa simples e que joga muita bola”, resume Neymar.

Apesar de sua vida ter sofrido uma guinada desde sua estreia no time principal do Santos, no começo de março, Neymar continua mantendo hábitos da fase pré-fama, afirma o pai da joia alvinegra, Neymar Santos.

“O Neymar leva a vida da mesma forma como era antes. Lógico que agora fica difícil às vezes ele ir, por exemplo, aos cultos de domingo pela manhã, até porque ele tem viajado bastante com o Santos. Mas ele continua integrando ‘células’ [grupos que visitam pessoas para apresentar a palavra de Deus]“, contou Santos ao Pelé.Net.

Ao contrário de Kaká, integrante da Renascer em Cristo, Neymar é fiel da Igreja Peniel. A diferença para por aí. Ambos adotam comemorações idênticas, com os braços erguidos e os dedos apontados para o céu.

Quando estreou no Santos, Neymar havia combinado com Madson de fazer coreografia de funk assim que marcasse seu primeiro gol no profissional. A promessa foi cumprida. Desde então, Neymar trocou passos de funk por ritmos evangélicos nas comemorações.

No primeiro gol do Santos na vitória sobre o Palmeiras, 2 a 1, nas semifinais do Estadual, no Parque Antarctica, Neymar, Roberto Brum e Madson promoveram comemoração evangélica, cujo refrão da música é “para direita, para esquerda, para frente e para trás”.

“A mãe dele é uma pessoa muito ligada a Deus e que sempre incentivou o Neymar aos cultos. Ele ainda tem a sorte de contar com amigos dentro do elenco do Santos que também são religiosos. Eu sei que o Neymar tem cabeça boa para encarar o sucesso e deslumbramento”, acrescenta Neymar Santos.

Mesada e “sermões” do pai

Neymar se tornou milionário sobretudo após negociar parte de seus direitos econômicos ao grupo Sonda. Mesmo assim, ele consulta a família para qualquer movimentação financeira, desde gastos simples, como sacar dinheiro para almoçar no restaurante, até grandes investimentos.

Recentemente, o atleta comprou uma cobertura em Santos. O jovem ainda conta com uma “mesada” do grupo Sonda para despesas fora do clube.

O controle dos pais sobre Neymar vai além. Pouco após estrear no profissional do Santos, Neymar foi aconselhado a recusar convites dos amigos para “peladas” na praia, assim como ouviu para que não fosse de bicicleta à casa dos amigos. Neymar, 17, ainda não possui carteira de habilitação. Qualquer contusão na praia ou queda da bicicleta poderiam prejudicar o rendimento nos gramados, diz o pai.

Fonte: Pelé Ne/G+
© 2008-2021 Gospel Channel Brasil
Criado por templateszoo