Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador brasília. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador brasília. Mostrar todas as postagens

Temer diz que foi "iluminado por Deus" para encerrar a greve dos caminhoneiros

O presidente Michel Temer afirmou que foi “iluminado por Deus” no contexto do encerramento da paralisação dos caminhoneiros, durante cerimônia na Assembleia de Deus, em Brasília, nesta quinta, 31. “Fui iluminado por Deus, que disse: 

‘Vai lá no templo da assembleia comemorar a pacificação do país’. Quero pedir que todos vocês creiam como creio na força do diálogo e da palavra”, disse o presidente, segundo informa o G1.

"Não uso a força, a autoridade. Uso o diálogo, a palavra, eu e o governo todo, conectados com os estados e municípios", disse Temer, que estava acompanhado do novo ministro da Secretaria Geral da Presidência, Ronaldo Fonseca, e do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles. Ele seguiu explicando que durante os 11 dias de paralisação dos caminhoneiros não houve violência por parte do Estado. 

 "Não houve uma só violência pelo Estado brasileiro. A única morte ocorreu por uma atividade política, um caminhoneiro foi atingido por um tijolo", afirmou Temer. Temer disse ainda que nesta quinta foi "iluminado" por Deus ao poder comemorar a redução das manifestações de grevistas. 

 "Que isso sirva de exemplo para o nosso país, a força do diálogo. Depois de dialogar, chamei as Forças Armadas. Fui iluminado por Deus, que disse vai lá no templo da Assembleia comemorar a pacificação do país. Quero pedir que todos vocês crendo como creio na força do diálogo e da palavra, que possam levar isso a todos os templos, se puderem levar uma palavra de paz, de harmonia, respeito mútuo, culto da família e da unidade", relatou o presidente. 



 O presidente fez um pedido aos participantes da convenção: "Quero pedir que todos vocês creiam como creio na força do diálogo e da palavra, que possam levar isso a todos os templos, puderem levar palavra de paz, harmonia, respeito mútuo, culto da família e da unidade". 

Quando chegou ao culto, Temer foi anunciado pelo bispo Manoel Ferreira. "Aqui você [Temer] só vai ser aplaudido, porque aqui aprendemos a respeitar as autoridades constituídas. Ele [Temer] é o número 1 desse país, acima dele só tem Deus e a nação, que é o povo", disse o bispo.

Gospel Channel | Sara Rezende, G1

Manifestação pacífica em Brasília reúne mais de 70 mil pessoas [Vídeo Lauriete]

Mais de 70 mil pessoas lotaram a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para declarar sua posição em favor da liberdade de expressão, da liberdade religiosa, da família tradicional e da vida, coordenada pelo pastor Silas Malafaia. A manifestação atraiu além de evangélicos de diversas denominações, católicos e seguidores de outros segmentos religiosos . O evento foi o segundo maior já realizado em Brasília, só perdendo para as Diretas Já, que na ocasião foi favorecido por ponto facultativo. 



Segundo a PM, no início da programação, às 15h, havia cerca de 40 mil pessoas, e por volta das 17h a manifestação já contava com mais de 70 mil pessoas. Outro detalhe importante, de acordo com a organização do evento, foi que o mesmo reuniu o maior número de líderes evangélicos nos últimos tempos.

Lideranças evangélicas e parlamentares também ocuparam a tribuna para defender os princípios e valores da Palavra de Deus, e rechaçar sua posição contra o aborto e o casamento gay. Entre os presentes estavam os pastores Abner Ferreira e Samuel Ferreira, da Assembleia de Deus de Madureira; o apóstolo Renê Terra Nova, do Ministério Restauração; o apóstolo Rina, da Igreja Bola de Neve; Estevam Fernandes, da Primeira Igreja Batista em João Pessoa (RN); pastor Mário Oliveira, da Igreja Quadrangular; Samuel Câmara, da Assembleia de Deus em Belém; e o bispo Robson Rodovalho, da Sara Nossa Terra, entre outros.




“Não tem bandeira de igreja. Aqui é plenário de todos”, disse o pastor Silas Malafia, que mais uma vez reiterou seu discurso sobre a liberdade de expressão. “O Brasil é um estado democrático de direito e ninguém vai calar a nossa voz. Para calar a nossa voz, vai ter que rasgar a Constituição do Brasil”, enfatizou.
Muitos manifestantes venceram a distância para marcar presença no ato público. “Vale a pena estar aqui para lutar pelos direitos das famílias, e mostrar que nós somos um povo unido”, disse o pastor Adenildo Pereira, de Manaus, no Amazonas. “Viemos aqui para declarar que a Igreja da cidade de Lins ora pela família tradicional, pela liberdade de expressão e pela liberdade religiosa”, declarou Leandro Cardoso, que liderou uma caravana com mais de 60 pessoas da Segunda Igreja do Evangelho Quadrangular, em Lins, no interior de São Paulo, até a capital federal. Também foram registradas caravanas do Rio de Janeiro, Goiás, Belém, Minas Gerais, Mato Grosso, João Pessoa.

A festa dos defensores da família tradicional e da vida começou às 15h15 e só terminou às 19h. Nem o sol intenso da tarde desanimou os milhares presentes, que cantaram sucessos da música gospel com Eyshila, André Valadão, Ana Paula Valadão, Aline Barros, Thales, Cassiane, Nani Azevedo, David Quinlan, Lauriete, entre outros.

Vocêconfere mais fotos na página oficial do GOSPELCHANNEL BRASIL no Facebook


© 2008-2013 Gospel Channel Brasil - Verdade Gospel
Contato: gospelchannel@globomail.com

Missa em Brasília reúne familiares de maestro que estava em voo da Air France


Sílvio Barbato foi regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional.
Ele viajou para se apresentar na Ucrânia e na Itália.

Uma missa realizada nesta terça-feira (2) na igreja São Francisco de Assis, em Brasília, reuniu familiares do maestro Sílvio Barbato, que estava no voo AF 447, da Air France, que saiu do Rio de Janeiro na noite de domingo (31) rumo a Paris e desapareceu sobre o Oceano Atlântico.

O maestro foi diretor artístico e regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional. Ele viajou para se apresentar na Ucrânia e na Itália e voltaria a Brasília para começar uma turnê: uma série de concertos em homenagem ao compositor Cláudio Santoro.

Compositor premiado, Barbato fez 50 anos em maio, tem dois filhos e trabalhou no Teatro Nacional por 12 anos, até 2006. A mais nova ópera dele, "Chagas" estreou em Roma no ano passado e deve ser encenada no Brasil em outubro.

Desde 2006, Barbato é Diretor Musical da Sala Palestrina na capital italiana, lugar sagrado da música de concerto em Roma, construída em 1650.

© 2008-2021 Gospel Channel Brasil
Criado por templateszoo