Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador resenha de CD. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador resenha de CD. Mostrar todas as postagens

Resenha do novo EP de Elaine de Jesus - Como o céu te adora

Com 27 anos de ministério, 13 CDs gravados, 2 DVDs, 3 EPs  (sem considerar o acústico), vários discos de ouro e platina a cantora Elaine de Jesus é uma das cantoras mais populares na música pentecostal brasileira. "Como o céu te adora" foi gravado junto com o EP "Coração de guerreiro", ou seja ambos são um CD dividido em duas partes. O incrível é que não se parecem nada. Se Elaine já tinha decidido em não renovar com a MK então ela deixou as melhores canções para serem lançadas independentes.



E obviamente os maiores sucessos da cantora são os que foram lançados com seu selo Cristo Vencedor. O último sendo o álbum "Transparência" que rompeu as 80 mil cópias vendidas em 2008. Alias "Como o céu te adora" possui uma faixa que se encaixa perfeitamente nesse disco! 

Assim como a primeira parte, quem assina o novo EP é o maestro e produtor Jairo Manhães, que também é o produtor responsável pelos maiores hits da cantora, como "Terremoto Santo", "É demais", "Quem chora pra Deus" e "Abra o coração". A capa foi assinada pelo designer Mizael Brum, e se tem uma coisa que eu gosto é quando o título ajuda a criação do projeto gráfico (e vice-versa), a capa combinou muito com o tema.


Imagina como seria o encarte completo, quem sabe não teremos tiragens limitadas e exclusivas dessa segunda parte, já que da primeira a MK nem se pronunciou.

O EP foi lançado completo no YouTube, ou seja, ainda não chegou as plataformas de streamings. Não sabemos se a MK  detém os direitos sob os fonogramas dessa segunda parte ou se realmente Elaine quis lançar com exclusividade na plataforma de vídeos.

Como o céu te adora - Como sempre digo, o carro-chefe do projeto dita as regras, e o aqui já temos o tema do EP de composição de Rogério Jr. Uma letra apurada com uma melodia que combina com o estilo que Elaine cantou durante anos, um pentecostal poético. Era uma canção assim que muitos que acompanham o ministério da cantora esperavam.

Então, ora igreja - Essa foi uma das primeiras canções divulgas por Elaine em meados de 2019 e uma das mais esperadas. Uma letra bem inteligente acompahada de arranjos belíssimos. Parece até que Jairinho gravou mesmo em duas partes o CD. Sendo repetitivo, essa segunda parte não lembra em nada "Coração de guerreiro". Um back vocal mais aparente, a voz de Elaine melhor colocada, são detalhes que são bem perceptíveis. A composição dessa faixa é de Jotta A.


Espero por ti (Shekinah Glory)  - A versão original Jaye Thomas é uma das canções mais conhecidas no idioma inglês. Já foi gravada por vários cantores aqui no Brasil, entre eles Gabriel Guedes e Juliano Son. Claro, dessa vez temos um toque do pentecostal com arranjos mais vivos e vibrantes. Essa é a música que no início da resenha eu disse que se encaixaria perfeitamente no álbum "Transparência".

A música que nunca tocou - Também foi uma das faixas que foi divulgada há cerca de 1 ano atrás. Um tema que sinto falta nas cantora pentecostais é exatamente esse, a volta de Cristo. A composição é de Elizeu Gomes, e nessa faixa temos a participação da cantora Lauriete, amiga de longa data de Elaine, que já somou com ela diversas vezes em vários projetos, mas em estúdio, o último foi em 2010 no CD "Celestal"  onde a cantora participa da música "Som da adoração". A canção é simples e direta. O refrão é bem explorado com nunces bem feitos nos arranjos. Apropósito, que saudades de ouvir Lauriete!


Chegou minha vez - Uma letra simples porém profunda. Elizeu Gomes mais uma vez compondo em um estilo bem diferente do que estamos acostumados. Foi escrita em um momento de dificuldade em que ele estava passando. Em momentos que não temos muitas palavras para falar com Deus.

A Glória da segunda Casa - O EP se encerra com se fosse um ato profético para o ministério de Elaine de Jesus. Um EP de 6 faixas está sendo bem mais elogiado e aceito do que seus lançamentos pela Sony e MK, o que nos trás ao início onde disse que os lançamentos independentes de Elaine como diretora executiva da produção sempre se destacaram. A canção é de comosição de André Bereta.

Só queria fazer uma observação final. Algumas canções o som do prato da bateria me incomodou como se fosse um "chiado" contínuo. Não sei se foi apenas eu ou se realmente faltou uma mixagem pra tirar/abaixar um pouco desse som.

Elaine de Jesus conseguiu me surpreender com esse novo EP. Gostei mesmo!

Ouça o EP completo clicando AQUI

GC Colunas
Provocador Gospel | Resenha
Gospel Channel

Resenha do novo EP de Cassiane "A voz"



Já faz tempo que não escrevo minhas impressões sobre algum projeto. Até porque não se lança mais obras completas de 12 a 14 faixas inéditas para ficar analisando. O modo como ouvimos música mudou e temos que seguir essas mudanças. Essa semana tivemos o lançamento do EP "A voz" da cantora Cassiane pela MK Music. 




Já vamos começar falando de um ponto extremamente positivo. Ao contrário do que foi feito com EP de Elaine de Jesus e Midian Lima, desta vez a gravadora resolveu lançar todas as músicas de uma vez juntamente com um clipe. Chamo isso de positivo porque temos um projeto para ouvir inteiro e não só as músicas realmente novas, afinal, ficam lançando 1 música a cada mês e depois lançam o EP apenas com duas faixas inéditas o que acaba com o brilho da palavra "Lançamento". Eu prefiro assim e que venham mais clipes posteriormente. 




Todas as canções são produzidas por Jairinho Manhães, que no último trabalho de Cassiane (Nível do céu) conseguiu muito elogios em relação a obra por completo. Desde o disco Faça diferença (2007) Cassiane não surpreendia o público com um CD bem produzido em todos os detalhes. 

Quando se escuta "A voz" eu percebo ainda resquícios de "Nível do Céu", o tal Pentecostal Worship, mas dessa vez um pouco mais leve com esse lado da moda e mais voltado para o pentecostal. Com apenas 5 faixas posso dizer que Cassiane surpreendeu.



Você pode ouvir durante a resenha um pouco de cada faixa através do Spotify (Para ouvir completo é necessário fazer login)

Olha o que Deus faz - Composição de Gislaine e Mylena é considerada a faixa mais pentecostal do EP. Um estilo que os admiradores do ministério de Cassiane esperam que ela volte explorar mais. O ruim dessa faixa é que ela acaba rápido. É a mais curta do projeto. O refrão principal é explorado apenas duas vezes. 



Não sou mais orfão - Uma letra muito profunda escrita por Dimael Kharrara. Mas que já altera o tom do EP se comparado a primeira faixa. Eu tenho um sério problemas com refrãos curtos e explorados inúmeras vezes num ritmo monótomo, mas com essa é diferente, a canção consegue ser "elegante" e não agride o fato de ser repetitiva. Os arranjos do maestro conseguem nos envolver junto com a letra, e quando se encaminha para o final tem um desfecho muito bom simplesmente parando!! Dando a impressão de "Chega" para não ser tão repetitivo. 



Deus Vem - Essa foi a canção lançada com clipe no dia que o EP estreou em todas as plataformas digitais, por isso o primeiro single do EP. Por questão da PANDEMIA o clipe inclusive foi gravado inteiro em estúdio, sem Cassiane gravar nada externamente. Arranjos bem empoderados com vários nuances de subidas e descidas com um ritmo acelerado e marcante. Faz sentido a escolha como 1º single. A composição é de Dimael Kharrara e Tayrone Hayran.



A voz - Aqui temos uma faixa verdadeiramente singular. Tema do EP com uma letra tão marcante e arranjos "pesados", falando positivamente! A composição dessa música é de Jotta A, obviamente ela foi gravada muito antes dessa atual polêmica envolvendo o ex-cantor e compositor gospel, mas mostra o quanto ele conseguia capturar as inspirações dos céus e transcrevê-las com facilidade. O que nos resta, é apenas orar por ele e nada mais. Vamos deixar o julgamento para o Pai! A canção realmente nos leva a um clima de adoração e ainda traz o refrão de um dos hinos mais belos da Harpa Cristã, "O Senhor da ceifa chama" (hino 127). Jotta A como compositor é incrível. No CD "Nível do Céu" ele escreveu a faixa "Até teus braços". Um dia quem sabe ele sente saudade volta para os braços de quem nunca o abandonou.



Feridas de um soldado - Aquela letra que te faz chorar. É assim que eu posso resumir essa faixa. O que tem de soldados machucados por essa nação, ainda mais nesse atual momento que vivemos. É interessante que Midian Lima lançou o single "Soldado Ferido" há duas semanas atrás e agora Cassiane também nos trás o mesmo tema, mas com ritmos e temperamento bem diferentes. Não teria como não fazer essa comparação! A composição dessa faixa é de André Freire. 



--


Ainda na semana de lançamento Cassiane confirmou que a MK vai produzir CDs físicos para venda, porém em edição limitada com poucas cópias, o que está virando tendência no mercado gospel, e essa tendência é a alegria para quem gosta de colecionar CDs, o ruim como as tiragens são limitados o preço vem um pouco mais caro do que o comum.  

Porém tudo depende de que estratégia a gravadora vau usar, lançar um CD com as 5 faixas mais os playbacks ou esperar Cassiane gravar outro EP e juntar tudo em um só. A MK lançou alguns EPs em fomato físico, mas nada demais, quem sabe ela não dê mais atenção a edições especiais para colecionadores. 

"A voz" é um EP curto (23 min), que cumpre muito bem sua proposta ao estilo pop-pentecostal. Em 2020 Cassiane completa 39 anos de ministério e ainda está entre as maiores cantoras do meio pentecostal e gospel no Brasil. 

Gospel Channel | Coluna: Provocador Gospel | Fotos: MK Music | Divulgação: P2S digital

Resenha do novo CD de Cassiane "Nível do Céu"

Provocador Gospel - Há meses pessoas perguntam o que foi que aconteceu com as resenhas de CDs que eram tão frequentes aqui no Gospel Channel? Simples, não tinha um lançamento que me chamava atenção. E já dei essa resposta na última análise escrita. Confesso que as música pentecostais de ultimamente estavam (e ainda estão) cheias de clichês temáticos relacionados a mudança de história e mudança de vida. E isso me desanimou. 

Foram inúmeros lançamentos desde junho de 2016, quando escrevi minha última análise (até então), e não quis escrever ou falar um pouco, com exceção de OBRA PRIMA de Damares que falei em poucos parágrafos o que achei. 

Chegamos em 2018 e já não estava esperando nada que me surpreendesse, felizmente estava totalmente enganado. Cassiane nos presenteou com um CD maginifico, totalmente diferente do que estamos acostumados no meio pentecostal. "Nível do Céu" nos apresenta um novo ritmo, se posso dizer isso, o Pentecostal adoração ou Pop worship. Não posso começar a falar desse novo disco sem antes voltar um pouco no tempo. 

Em 2010 quando Cassiane lançou o CD "Viva" pela Sony foi um verdadeiro alvoroço no mercado. A expectativa estava nas alturas. Foram 100 mil cópias logo na primeira tiragem de fábrica, que se esgotaram rapidamente do estoque. Infelizmente ao ouvir o CD foi uma decepção muito grande por boa parte do público que acompanhava o ministério de Cassiane. As músicas não emplacaram, em sua maioria das vezes foram esquecíveis e ouso em dizer até que foram esquecidas! Em seu primeiro CD na Sony a crítica (incluindo eu) não pegou leve. 

Em 2011, após o bombardeio do álbum "Viva", a Sony prometeu que o novo CD de Cassiane iria trazer a "velha" Cassiane, seria um retorno as origens com o "Ao som dos louvores". E realmente esse CD chegou animando bem melhor que seu antecessor. Foram 80 mil cópias vendidas com facilidade. Mas muita gente ficou preocupado pois Cassiane sempre foi sinônimo de sucesso dentro das igrejas a cada CD lançado, e isso não havia acontecido com o "Viva". Felizmente em "Ao som dos louvores" uma faixa pegou no Brasil inteiro, estou falando da canção "Amigo Espírito Santo" que é até hoje entoada por vários grupos de louvor pelo Brasil.

Em 2013, depois de batalhas judiciais e "birrinha" da MK Music, enfim é lançado o CD "Tempo de excelência", que estava na gaveta desde 2009 ( a história é longa, se quiser saber clique aqui). O álbum chegou as plataformas digitais em março e ainda não era tão popular aqui no Brasil o Streaming de música, a popularidade do CD se deu a sites ilegais de downloads e o YouTube. A partir desse ano também fomos percebendo uma queda significativa nas vendas de CDs, o que já dava inicio a  era digital da música em todo o mundo. Serviços como iTunes e Napster estavam cada vez mais populares. Era perceptível que "Tempo de excelência" era bem mais aceito que os lançamentos como "Viva" e "Ao som dos louvores". Infelizmente não foi um disco muito popular por ter sigo trabalhado somente no digital. O relançamento desde disco aconteceu em 2016 e veio remasterizado e com novas fotos e arte.

No ano de 2015 Cassiane retorna a MK Music com o CD "Eternamente", que não apresentou nada de mais, aliás, mais do mesmo do que víamos acompanhado desde o Viva. Mais um CD esquecível com arranjos fracos e letras modestas. Aparentemente um disco feito às pressas, pelo menos é a impressão que passa. Até as fotos do encarte estão estranhas, como muitos disseram, parecendo "Xerox". O que posso falar desse CD é que as músicas de adoração foram os maiores elogios, estou falando de "A oferta sou eu", "Mostra-me tua glória" e "Meu ar".

Foram anos se decepcionado com os trabalhos inéditos da maior recordista de vendas da música pentecostal brasileira. Foram altos e baixos, com pouquíssimas músicas que se destacaram. "Há que saudades daquela Cassiane"... Bom chegou a hora de matar a saudade!



Foram 4 meses preparando esse trabalho. E como sempre eu digo, que demore o tempo que precisar, desde que o resultado nos surpreenda. E foi assim com "Nível do céu". Cassiane resolveu sair da 'receitinha" básica do bolo de chocolate e resolveu inovar! Tudo começa com o repertório. Durante anos sempre critiquei as cantoras que pedem para o Brasil inteiro mandar composições para seus endereços de e-mail e quando finaliza o repertório tem apenas 4 compositores que assinam todas as faixas. "Nível do Céu" não tem compositor repetido, com exceção de Tony Ricardo que tem duas composições. E tem que ser assim mesmo, as vezes sair do quadradinho é bom, e do jeito que estava não estava sendo satisfatório, o jeito foi arriscar.



Em 1999, quando Cassiane lançou "Com muito louvor" foi um verdadeiro reboliço na música pentecostal. Não se ouvia arranjos musicais como aqueles, foi algo totalmente diferente em tudo. Não estou querendo dizer que "Nível do Céu" vai causar uma revolução igual ao clássico, até porque não tem como assemelhar essas duas obras, o que quero dizer é a ousadia que Jairinho Manhães, o fiel produtor, teve em trabalhar muito bem os arranjos desse novo álbum. Ficaram lindíssimos. 

Ouso em dizer que muitas cantoras pentecostais vão "acordar", inovar sem perder a essência do estilo pentecostal. Assim como aconteceu com o pop pentecostal em meados de 2008, parece que o pop worship veio pra ficar. 

Ficha Técnica:´

Produção Musical e Arregimentação: Jairo Manhães | Fonoaudióloga: Lilian Azevedo | Produção de Voz: Jairo Manhães e Hedy Barbosa | Bateria: Sidão Pires | Baixo: Marcos Natto | Teclados, samples e loops: André Lopes | Guitarra e Violões: Henrique Garcia | Percussão: Marcus Cesar | Acordeon: Lenno Maia | Metais - Sax: Marcos Bonfim | Trombone: Roby Olicar | Trompete: Márcio André | Cordas: Aramís Rocha, Robson Rocha, Marcos Scheffel, Guilherme Sotero, Denis Rocha, Renato de Sá | Vocal: Fael Magalhães, Roby Olicar, Hedy Barbosa, Erika Nascimento, Paloma Possi, Paulo Zuckini 

Gravado e Mixado no Reuel Studios-Eng. Técnico: Edinho Cruz | Aux. Téc.: Rodrigo Malafaia | Masterização: Ricardo Garcia | Fotografia e Arte: Rafa Vidal

Nível do céu - Carro chefe do CD começa logo com o tema escolhido para o álbum. Letra linda, arranjos perfeitos e a voz de Cassiane não tenho nem o que comentar. Passam os anos e Cassiane continua cuidando muito bem de sua voz.  A composição é de George de Paula. Logo na primeira faixa percebi também uma coisa que critiquei muito nos últimos trabalhos de Cassiane, que consequentemente é atrelado ao Jairinho, os arranjos musicais dessa vez não se resumem somente ao som da bateria. Dá pra ouvir todos os instrumentos, sem aquele "abafamento". O back vocal também ficou lindíssimo, ou seja, dá pra escutar perfeitamente TODO MUNDO. 



O leão e o Cordeiro - A segunda faixa do CD mostra-nos porque Jairinho Manhães é considerado um dos maiores produtores da música pentecostal que esse país já teve. Desde o álbum "A cura" esperava ver Jairinho nos trazendo arranjos exímios ou pelo menos parecidos com aqueles de 2003! A partir dessa segunda faixa percebemos que "Nível do Céu" é completamente diferente do que estávamos acostumados desde o "Viva". Escrita por Rogério Jr, "O leão e o cordeiro" me fez chorar, e não tenho vergonha de dizer isso; me tocou muito essa faixa, e ainda me peguei dizendo "É dessa Cassiane que eu estava com saudades". Uma música pentecostal de adoração a Deus e ponto! Ouça abaixo:





Oração de verdade - Feche os olhos e escute essa faixa. Pr Lucas escreveu uma oração em cima de outra oração e depois juntou as duas e saiu essa linda canção!! Não tem como descrevê-la, mas é possível sentir 


Quando você me adora - Quem curte muito gospel internacional assim como eu, hora que ouviu essa faixa com certeza teve uma impressãozinha de estar escutando alguma apresentação da Gateway Worship. Um pop worship muito bom. Aquela faixa pra dar uma leve "sacudida" depois de três canções de impacto. A composição é de Gislaine e Mylena. 

Arma secreta - Depois de que ouvi o CD inteiro, entendi porque essa faixa foi a escolhida para ser single. Primeiramente porque é fácil de decorar. Segundo porque é uma faixa que ainda tem muito, mas muito mesmo do estilo que Cassiane vinha empregando em seus CDs desde o "Viva". Terceiro é uma faixa curta, ou seja, perfeita para tocar na rádios e fazer divulgação. E quarto motivo, tiveram medo de apresentar uma Cassiane diferente. Nenhuma música do CD possui esse mesmo estilo pentecostal de sempre! É uma faixa arroz e feijão. Simples mas muito bem feita.  A composição é de Cláudio Louvor. (Clique aqui e assista o clipe)

O céu vai revelar - Voltemos ao pop worship. Cassiane escolheu muitas faixas de adoração e louvor neste CD. Essa faixa fala arrebatamento, algo que praticamente sumiu dos CDs pentecostais. A composição é de Patrick Mendes.



Até teus braços - Aqui está um dos destaques deste CD. Uma adoração profunda. Uma letra muito poética que poucos conseguem escrever e nos fazer entender. A composição é de Jotta A. Uma faixa extremamente harmoniosa em todos os sentidos.





Deixa o céu desder - Mais uma letra forte desse repertório. Temos mais uma vez um pop adoração. Cassiane trouxe um CD totalmente focado na adoração, mas sem esquecer seu lado pentecostal. Os arranjos musicais conseguiram não deixar a faixa monótoma, talvez por isso seja tão prazeroso escutar essa linda canção. A composição é de Dimael Kharrara.

Lugar da tua presença - Mais uma faixa que nos transporta pra pertinho de Deus! Tony Ricardo conseguiu escrever uma linda canção que toca nossa alma, e claro, Cassiane a interpretou com maestria. 

Viveu por me amar - Essa música nos faz relembrar o sacrifício de Jesus Cristo na cruz do calvário. E o amor que ele teve por nós. Uma letra intensa escrita por Tony Ricardo. A intensidade dos arranjos começa no refrão e posteriormente na ponte.   

Tem que ser pequeno - Essa faixa conseguiu altos elogios com os pequenos trechos que Cassiane gravava em vídeo ainda no estúdio de gravação. Para muitos deveria ter sido escolhida como primeiro single, mas a MK fez bem em deixar essa linda canção para o lançamento. Escrita por Anderson Freire, "Tem que ser pequeno" é uma das faixas mais lindas e impactantes do CD. O próprio compositor faz participação nessa música; Os arranjos e o back vocal crescem a partir da ponte e fica vibrante até  final. 





Ele vai passar - Fechando o CD, de modo muito bom inclusive, temos "Ele vai passar", que trás o pentecostal tradicional que nos remete há tempos atrás, apenas provando que Cassiane é pentecostal, mesmo inovando não perde a essência!  A composição é de Jonathan Paes.



Cassiane nos presenteou com um belo trabalho. E que esse CD alcance várias  almas para Jesus. Pra quem ama música pentecostal aconselho comprar esse CD, porque com certeza é mais um marco na história da música gospel. Daqui vários anos ainda vai se falar desse álbum, assim como acontece com "Com muito louvor" e "A cura".



© 2018 Provocador Gospel - Gospel Channel Brasil

© MK EDIÇÕES | © REUEL PROMOÇÕES E EVENTOS | © AR FREIRE EDITORA


Resenha do novo CD de Elaine de jesus SOMOS A IGREJA

Muita gente me pergunta porque não faço mais resenhas de CDs, simples, não teve um CD que foi lançado que me chamou atenção!!! Até agora! Estou muito satisfeito com o novo CD da cantora Elaine de Jesus, que até quem enfim voltou a cantar hinos do estilo que ela mesma criou para o ritmo pentecostal, com letras poéticas, bíblicas e arranjos que alternam os tons! "Somos a igreja" me surpreendeu, não paro de escutar esse CD.


Confesso que quando a gravadora MK Music divulgou o preview fiquei com o pé atrás, mas percebi que foi uma bela estratégia usada, afinal, não divulgaram muita coisa e como foi bom ter aquela sensação de surpresa ao ouvir um CD pentecostal de Elaine de Jesus. Desde 2008 o público esperava um álbum assim, pra ser sincero desde o CD "Pérola" eu espero um álbum assim! (calma não disse que está melhor que o Pérola!!!)

O novo CD da cantora Elaine de Jesus foi lançado oficialmente no dia 30 de abril de 2016, e aos poucos a galera que curte a música pentecostal está conhecendo ele. O álbum ficou na 15ª posição dos mais vendidos do iTunes e na primeira posição entre os álbuns cristãos. A única coisa que eu achei um erro após ouvir o CD foi a escolha do primeiro single, mas calma que com certeza já estão pensando na próxima música de trabalho! 



Até agora esse ano esse é o melhor CD pentecostal que ouvi (me desculpe Shirley Carvalhaes, mas é a verdade), "Somos a igreja" é sem dúvidas um dos melhores álbuns da carreira de Elaine de Jesus. Saiu da fábrica com a primeira tiragem em AA 6.000, outro detalhe é que depois de anos produzindo seus CDs na RIMO - Sonopress, a MK Music optou agora pela fábrica da Novo Disc que também fica na zona franca de Manaus.

O back vocal foi composto por nomes que conhecemos muito bem (rs): Hedy Barboza, Daniel Quirino, Herix Tolentino, Paulo Zuckini, Beresix, Simone Barboza, e Paloma Possi. As fotos que compõem esse projeto foram tiradas por Manoel Guimarães. A capa do CD foi criada pela própria cantora e o restante do encarte pela MK Music.



1. O universo te adora -  Essa faixa trouxe uma singularidade que a torna especial e que combina perfeitamente com a proposta da canção. Logo no início foram colocados os sons que são emitidos por estrelas e planetas no universo e que foram captadas pela NASA. O maestro Ronny Barboza foi o responsável por introduzir esses sons nessa faixa que abre o CD. Como sempre digo a primeira canção já determina o tom para o que vem nas próximas faixas. Letra poética e pentecostal do compositor Elizeu Gomes.



2. Guerreiros -  Escrita por Junior Maciel e Josias Teixeira está é aquela faixa diferente que Elaine sempre apresentou em seus discos. Essa também foi a primeira canção interpretada ao vivo pela cantora, e isso ocorreu no congresso dos Gideões em Abril deste ano. O back vocal tem uma presença muito forte nessa faixa, aliás esse é outro ponto muito bom no CD, a gravação de vozes do back ficou muito boa.

3. Vou subir - Tenho percebido que já não se cantam músicas de arrebatamento como antigamente, mas ainda existem quem grave com esse tema tão importante para os cristãos. Vou subir com certeza vai ser uma das canções preferidas dos grupos de jovens das igrejas pentecostais. No término da faixa Elaine encerra com uma das canções mundialmente conhecida da harpa cristã, "Vencendo vem Jesus". A composição é de Gislaine e Mylena)

4. Derramar de Glória - O bom e velho forró pentecostal se faz presente com essa faixa, que é de composição de Elizeu Gomes. Como sempre digo, cantora pentecostal tem que gravar pelo menos uma faixa com esse ritmo, e é o que Elaine fez!

5. Somos a igreja - Chegamos a faixa que dá nome ao CD. Essa canção também fala de arrebatamento, e também foi escolhida para ser o primeiro single divulgado pela MK Music. Receio que escolheram errado! A canção é linda, mas ela sozinha não serve para lançamento de um álbum. Diz a gravadora que ela foi escolhida por causa do seu tempo de duração e outros aspectos que se encaixam para ser um single, bem, essa opinião não foi somente minha, ouvindo o CD, lendo alguns comentários e outras análises percebo que outras faixas fariam um serviço melhor para divulgação do disco! A composição é de Junior Maciel e Josias Teixeira.


6. Vai ser diferente - Nesta faixa podemos observar o "estilo Elaine de Jesus" que muito se fala. Letra poética com ritmo puro pentecostal e que tanto estava com saudades. Assim que divulgaram o preview, e um curto trecho dessa faixa foi escutado, serviu para chamar atenção, não só minha, mas de muitos que acompanham o ministério da cantora há anos! Aquele arrepio gostoso de ouvir uma música pentecostal! A mudança de tonalidades durante a faixa deixa aquele gostinho de quero mais! Outro ponto que chama atenção é que em algumas vezes lembra um pouco o pentecostal que escutávamos há uns 10 anos atrás.  A composição é de Junior Maciel e Josias Teixeira.

7. A flecha - Todo mundo sabe o que penso de regravações, mas sabe o quando a regravação fica tão boa quanto a original? Então, temos esse caso aqui. A versão de Elaine ficou mais rápida que a original e mais alta também! O tema central da canção é que temos que ser como uma flecha rumo ao alvo que é Cristo. A composição e versão original é de Eduardo Schenatto.

8. Enquanto você louva - Está é uma das minhas faixas favoritas desse CD. Canção simples mas muito bem produzida.

9. Sinai de Deus - Mais um vez o "estilo Elaine de Jesus" presente! Foi a faixa, depois do single, que decorei com muita facilidade, pois não paro de ouvir! A composição é de Elizeu Gomes. a letra é simples: Hoje não precisamos de profetas para falar diretamente com Deus, nós mesmos podemos fazer isso!




10. Vem - Quando vi essa letra no encarte já me veio na cabeça: O que vai sair disso aqui? No encarte a composição tem apenas 5 linhas e para minha surpresa é única faixa que vem no estilo Adoração e é muito linda. A composição é do pastor Lucas.

11. O segredo - Cogitada por muitos admiradores da cantora como o segundo single do CD, O segredo é uma das faixas que se destaca no álbum. Escrita por Moisés Cleyton essa é uma canção com ritmo pop pentecostal e pentecostal!! Sim, temos esses dois ritmos numa música só! Do início até o primeiro refrão temos o pop pentecostal com força, mas quando Elaine entra no segundo refrão temos um pentecostal fortíssimo! Talvez por isso temos uma forte mobilização na rede para que essa se torne o novo single do disco.




12. Tremeu tudo - A canção que encerra o álbum é a mais curta do CD e uma das mais fortes! A composição é de Gislaine e Mylena. Tremeu tudo também teve uma boa repercussão entre os admiradores da cantora. Muita gente enfatizou que ela lembra no segundo refrão um pouco da faixa "Terremoto Santo" (Pérola, 2004) mas somente nessa parte, porque no refrão principal a música se mostra única! Uma bela produção!


Curiosidade: Em setembro de 2014 foi divulgado um vídeo de Elaine cantando uma música conhecida como "Louvor sem fim". Essa faixa tem uma introdução ( a parte "Adonai, El Shaday, Elohim e Elion") muita parecida com que ouvimos na música "O universo te adora". Ainda não se sabe o que aconteceu com essa faixa.




COMPRAR ÁLBUM 

© 2016 Provocador Gospel - Gospel Channel Brasil
Músicas MK Edições

Resenha do novo CD de Lauriete - No olho do furacão

Provocador Gospel - Esse ano começou bem para a música pentecostal. No finalzinho de 2014 Lauriete surpreende com um lançamento, e se eu digo surpreende é porque aconteceu uma coisa que eu sempre disse: Quando Lauriete quer fazer um CD bem feito, ela simplesmente faz!! 

Todos sabem que em sue último lançamento inédito, "É preciso crer", eu fui o maior crítico e teve muita gente que concordou com que disse (a matéria está disponível AQUI). Pois bem, "No olho do furacão" é o oposto de tudo que escrevi.



Muitos ousaram em dizer que "No olho do furacão" está perfeito ao ponto de superar todos os lançamentos que Lauriete fez até hoje. SÓ QUE NÃO!! Concordo com os que dizem que superou os últimos três lançamentos ("Eternamente adorador", "30 anos - Tô na mão de Deus" e "É preciso crer"). Ousado mesmo foi ver gente dizendo que este álbum está melhor ou igual ao "Ensina-me" (2007). Não sejam exagerados! 

"No olho do furacão" está simplesmente bom; Não chega ser fantástico, como falam os fãs da cantora. 

Um ponto interessante foi em relação a capa do CD. Não está boa e ponto. "Há mas foi a própria Lauriete quem a produziu..." e daí?? Lauriete agora vai dar uma de designer?!! Até a Millenium faria uma capa melhor (ou não). Mas enfim, não julgue o CD pela capa! (a Millenium só fez a finalização da arte)


CAPA ALTERNATIVA

Quem assina esse CD, é o produtor Samuel Ribeiro, este que vem assinando todos os trabalhos da cantora pela Visão Music, seu novo selo musical. Conseguiu fazer arranjos ao ritmo pentecostal muito bons, mas ainda tem que subir alguns degraus. Todavia, produziu melhor que certos produtores aí que já não vingam mais nada!! (preciso citar nomes?)

O Back vocal também me chamou atenção. Não ficaram "abafados", como vem acontecendo em vários CDs pentecostais ultimamente, pelo contrário, estão bem colocados. Participaram as vozes de Janeh Magalhães, Cleyde Jane, Adiel Ferr e Thiago Fersil. 

O CD que tenho em minhas mãos é AB 5.000, a segunda tiragem de um "pré-lançamento" que fizeram. Vai entender o porque disso!! Pelo que parece já tem uma nova tiragem de lançamento chegando as lojas de AA 60.000, porque é AA de novo é que não sei!! Já falaram que o CD conquistou disco de ouro. Magno Malta seu esposo é quem passou essa informação. Aí complicou, porque não está dando para rastrear as tiragens. O Controle de vendas gospel disse que só vai confirmar e lançar certificado quando a ABPD confirmar as vendas ou receber uma nota oficial da Visão Music. (Veja os certificados clicando AQUI)

Há várias lojas que ainda não receberam o CD. Vamos ver se com essa nova tiragem ele se espalhe rapidamente. 

Voltando a falar do projeto gráfico, dava para ter ficado melhor. O tema do CD daria um belo projeto visual. Lembram do CD "As águas"? Então, pena que não quiseram investir nesse aspecto. É nessas horas que sinto saudades da Digital Design. 


1. "Igual não há" -  Lauriete sabe como escolher a música que vai ser o single do CD, ou seja, a canção que vai apresentar o disco nas rádios, congressos, eventos, etc. Melhor escolha também para ser o carro chefe do CD. Já abre com um belo pentecostal, ao estilo Lauriete. A composição dispensa comentários, letra e melodia são de  Anderson Freire (E que letra!!). Proclamar que não há Deus como o "nosso" Deus é com ela mesma!

2. "No olho do furacão" - Canções como essa tem ganhado um grande destaque nas igrejas pelo Brasil. "Quero ver adorar no olho do furacão, quero ver adorar no vale e na prisão.." Com certeza já ouviu algo parecido com essa letra nos últimos anos. Em um breve agradecimento em seu CD, a cantora diz "Agradeço a Deus, porque, independente das circunstâncias, eu aprendi a adorá-lo". Aqui na segunda faixa do CD eu posso afirmar pra vocês que Lauriete está de volta! A composição é de Pedro Lancaster.



3. "Mergulha" - Uma faixa pop pentecostal muito bem trabalhada. Outra marca da cantora são os refrões repetitivos, e isso é bem perceptível nessa canção. A letra dessa canção trás um hino, que há muito tempo virou um "corinho" nas igrejas pelo Brasil, "Eu navegarei". Haja fôlego para cantar um hino desses, bom isso a Lauriete têm! A composição é de Sivaldo Almeida.

4. "O grande dia" - Muito bom ver Lauriete com hinos de arrebatamento. E mais uma vez um louvor com refrão repetitivo e com os arranjos bem produzidos em todo o tempo da faixa. Esse é um hino que serve bem para o conunto de jovens da igreja. Lembram de "Eu vou subir" do CD Ensina-me? Pois bem, se você gostou desse louvor, vai gostar deste. E repito, haja fôlego!! Quero ver e ouvir Lauriete cantando ao vivo essa faixa! A composição é de Junior Maciel e Josias Teixeira.

5. "O dono do universo" - Depois de quatro faixas fortes e impactantes, é bom ouvir uma canção mais calma! [rs] Calma ao ouvir, porque cantar nesse tom mesmo só Lauriete. A faixa exalta a grandeza de Deus e lembra que você é filho e amigo do dono no universo. A composição é de Pedro Lancaster.

6. "Fiel até o fim" - Aqui temos de novo uma canção com arranjos musicais muito bem feitos. Tem muito produtor musical que precisa voltar a criar arranjos que nos fazem querer ouvir a faixa até o final!! Será que dá para me entender? Parabéns Samuel Ribeiro, que conseguiu salvar uma simples canção! A composição é de Denise Yamamoto.



7. "Casa de amor" - Essa canção está se tornando um dos melhores singles do CD por escolha do público. Ritmo muito bom e com uma letra forte, escrita por Anderson Freire. "Sou casa de Maquir e não religião". De acordo com os livros de Samuel, Maquir filho de Amiel foi o nome de um descendente de Maquir, o conquistador. O texto afirma que lá ele cuidou de Meribaal, filho de Jônatas, até que Davi assumiu seus cuidados, e também cuidou de Davi, quando Davi encontrou-se como um fugitivo. Resumindo, até em Lodebar Deus cuida dos seus! Só Anderson Freire mesmo para extrair esse texto e escrever essa linda canção.

8. "Meu herói" - Essa canção foi lançada oficialmente no dia 8 de agosto do ano passado no canal oficial da Visão Music no YouTube (mês dos pais). Lauriete aproveitou para homenagear seu pai, seu Joaquim, que muito contribuiu com seu ministério desde o começo de sua carreira. Ouça abaixo. A composição é de Marcos e Mateus.


 9. "Ressuscitou" - O título já diz tudo. Canção que fala da ressurreição de Cristo. Mas não creio que essa canção será um destaque. Não tem aquele "climax" musical. um pop pentecostal fraco. (se quer saber mais leia a análise musical do CD no Vitrine Gospel) A composição é de Eduardo Shenatto.

10. "Colo de pai" - Com uma melodia suave essa faixa me agradou bastante, e tenho certeza que também conquistou os admiradores da cantora. Uma linda canção de adoração. A composição é de Junior Maciel e Josias Teixeira.

11. "Paulo e Silas" - Uma faixa linda e maravilhosa.. na versão de Melk Carvalhedo com a cantora Flordelis. Lauriete regravou essa canção é não gostei nada. Se tentaram fazer melhor, então acabaram com essa música. A versão de Samuel Ribeiro não se compara nem um pouco com a de Melk Carvalhedo. Aliás, essa faixa já é sucesso da voz de Flordelis, no CD "A volta por cima". Tentaram enfeitar mas não deu. Flordelis canta essa música em primeira pessoa (eu), enquanto Lauriete misturou a primeira e a terceira pessoa (ele). Uma hora ela canta "Paulo EU estou sentido uma coisa entranha o chão aqui tremeu..."  Depois ela canta "Libertou, libertou na prisão com ELES Deus entrou..." ... Não vou dizer mais nada..escutem a versão da Flordelis e depois escutem a da Lauriete que vocês vão entender. A composição é de Marcos e Mateus.

12. "Conquista" - Dava para ter ficado melhor. Ritmo muito acelerado. Começa muito bem, mas depois parece que há um exagero que não precisava. Mas se a intenção era fazer um pop absurdo, então conseguiram!! A composição é de Jonatas Santos.

13. "Depois do mar" - Muito linda a mensagem que essa canção passa. "A vitória vem depois do mar, no limite da prova o milagre vai acontecer".. Uma letra lindíssima escrita por Eduardo Shenatto, mas acho que dava para os arranjos terem ficado melhor nos refrões com aquela explosão de backs e com uma "paradinha" musical, faz tempo que ninguém explora mais os pauses dos instrumentos.

14. "Quando as lutas vêm" - Não entendi muito bem o que quiseram fazer aqui. Pensei que ia ser um forró pentecostal "DuBom", é essa a impressão que passa, mas deixou muito a desejar. Forrozinho fraco... Saudades de hinos como "Varão de fogo"... Lauriete está te volta, mas ainda falta alguma coisa!! Composição é de Pedro Lancaster.




- Não ia falar nada porque todo mundo sabe que faço resenha da obra por completo e não análise musical, mas tenho que falar, a mixagem do CD não está nada boa. A qualidade do áudio do CD é a mesma que está no single divulgado na internet. A mixagem foi feita no Sinal de Alerta Studio por Humberto Torres.

Se tinha afirmado que "É preciso crer" foi o pior álbum que Lauriete tinha lançado, pois bem, em "No olho do furacão" ela voltou com tudo... mas tem muito que melhorar ainda!



© 2008-2015 Gospel Channel Brasil - SMK Company
Imagens: Visão Music
Copie somente com autorização gospelchannel@globomail.com
SALVO AO INDICAR A FONTE

Resenha do novo CD de Elaine Martins "Santificação"



Confesso que até agora não havia escutado um CD que me fizesse escrever uma resenha, por isso esse ano não tivemos análises de CDs pentecostais (aliás de nenhum ritmo), até o momento nenhum havia me chamado atenção. Até que Elaine Martins e o maestro Ronny Barbosa conseguiram me surpreender. "Santificação" é um CD incrível, mesmo com músicas regravadas, os arranjos ficaram um espetáculo aos ouvidos, e me atrevo a dizer que as versões de Elaine Martins ficaram até melhores que as "originais". 

"Santificação" é o primeiro projeto da cantora pela MK Music, que não poupou esforços para fazer deste um dos melhores pentecostais de 2014. 

Até o momento esse, na minha humilde opinião, é o melhor CD pentecostal que Ronny Barbosa já produziu. Foram 12 faixas espetaculares. Há, muita gente tem reclamado dizendo que a MK Music está tendo uma atitude muito radical e egoísta gravando apenas dez faixas nos CDs de seus cantores, bem, já digo que pra isso eu não ligo, desde que essas dez faixas sejam de uma qualidade altíssima, e isso tem sido perceptível a cada CD que a gravadora tem lançado, afinal, do que adianta gravar 14 faixas sendo que são enjoativas demais? Na real, tá difícil uma cantora hoje em dia conseguir agradar com um CD longo!!



A MK também arriscou na tiragem, que passou até de grandes cantoras do cenário pentecostal. O CD saiu da Rimo com uma tiragem inicial de AA 20.000 cópias. O encarte do CD ficou muito bem trabalhado, contribuindo ainda mais com a simplicidade e simpatia que Elaine Martins transmite com seu sorriso. Em cada faixa do CD Elaine fez uma dedicatória, por isso não temos aquela página no encarte com comentários. O projeto gráfico foi feito por Rafael Feijó, e mesmo com a capa bastante criticada, ele conseguiu fazer um belo encarte que combinou muitíssimo bem com a cantora.

O Back vocal arrasou em todas as faixas: Paulo Zuckini, Hedy Barbosa, Janeh Magalhães, Raquel Farias e Paloma Possi.

Elaine Martins tem uma voz muito forte, e muita gente talvez não se identifique com o tom da cantora, mas eu particularmente adoro essa lindo tom de voz. Canta muito, e dá um show ao vivo. Não é atoa que muitos chamam carinhosamente ela de voz de trovão, sua voz chega longe quando vai a notas elevadas, e o que dizer dos falsetes perfeitos!!


1. "Santificação" - Logo de início temos a canção mais tocada do CD nas rádios pela região sudeste, "Santificação", que foi composta pelo dupla sensação Gislaine e Mylena - disse sensação porque atualmente elas estão em todas!! - Com arranjos arrebatadores que animam do início ao fim, este single abre o CD falando do arrebatamento da igreja, tema que há muito tempo não ouvia dessa forma tão deslumbrante a cada toque. 

2. "Últimos dias" - Muita gente já tinha ouvido essa faixa com outras vozes, como por exemplo: Eveny Braga, Andréia Alencar, Ruth Lemos, Léia Cristo e o próprio compositor, e talvez a versão mais conhecida, de Samuel Mariano, mas tenho que dizer isso, essa faixa combinou demais com Elaine Martins, que junto com Ronny Barbosa fizeram a melhor versão de todas. E mais uma vez o tema principal da faixa é arrebatamento. Letra forte e arranjos fortes; quem não ouviu ainda é só dar um play no vídeo abaixo!


Elaine Martins -Últimos Dias por gospelchannel

3. "Colhendo frutos" - Com toques mais leves, em ritmo de adoração, temos essa faixa belíssima, com uma letra bem reflexiva. O gostoso mesmo é ouvir a voz de Elaine Martins, a cantora tem uma voz de trovão mesmo [rs], atinge notas altíssimas, e olha que nem precisava fazer isso nessa canção. Essa faixa também já foi gravada por outros cantores, mas de novo pra mim essa é a melhor versão. De novo, desculpe por ser repetitivo, Ronny Barbosa se superou com esse projeto. A composição é de Denner de Souza e Adriano Barreto.

4. "O preço da chamada" - Uma coisa interessante é que Elaine Martins faz nessa faixa uns falsetes de arrepiar, pra quem gosta é um deleite ver uma cantora pentecostal que domina esse tom. A música pode não animar no início, mas com o transcorrer da faixa você se envolve com a canção; Também já ouvi outras versões e essa é a melhor. A composição é de Samuel Mariano.

5. "Celebração" - Aqui temos um belo de um forró pentecostal, que despensa comentários, é bom ouvir ao menos uma faixa com esse ritmo, e claro, uma faixa bem feita!! A composição é de Sérgio Marques e Marquinhos. 

6. "Indestrutível" - Essa faixa me lembrou um pouco, a canção "Do lado de Jeová" de Elaine de Jesus e Alexandre Silva, até que logo percebi que a composição de ambas são de Marcelo Dias e Fabiana, não estou falando que as música são parecidas, mas sim que em certo momento da canção de Elaine Martins me lembro da outra canção que citei, mas deve ser coisa da minha cabeça. Essa faixa vem com arranjos musicais mais leves, mas não perde a essência pentecostal. 

7. "Ouve Senhor" - Essa música me deixou um pouco perplexo, nunca imaginei que uma cantora pentecostal iria regravar uma música do Diante do Trono. I-N-C-R-Í-V-E-L, tem que ter coragem; E fiquei mas perplexo ainda em ver como essa versão de Elaine Martins também ficou ótima. Todo mundo sabe que sou contra regravações, mas quando é bem feito não tem problema, e foi isso que Elaine Martins e Ronny mais uma vez fizeram, uma bela de uma re-interpretação!!! (kkk) Agora tenho duas ótimas versões para ouvir. A composição é de Ana Paula Valadão. 
8. "Deus indecifrável" - Essa aqui muita gente conhece, canção original e composição de Samuel Santos, mais conhecido por cantar com seu irmão formando a dupla Daniel e Samuel. A dupla claro fez uma versão pentecostal mais sertaneja, e agora vem Elaine Martins e faz uma versão puramente pentecostal. Extraordinário, mais um hino que gosto das duas versões. Algo inédito [rsrs]. Os arranjos reconstruíram essa canção, a voz de Elaine Martins só a incrementou ainda mais. 

9. "Escudo e espada" - Pra quem gosta de pop pentecostal, aqui temos uma faixa que vai agradar!! E tem um detalhe que me chamou a atenção, é que a composição é de Tony Ricardo, que é compositor da Reuel Music e Editora, ou seja, compositor exclusivo da ex-MK Cassiane - interessante - Essa é uma daquelas canções que é a cara do grupo de Jovens da igreja. Com notas musicais que se alternam com frequência. Linda letra, bela interpretação e arranjos esplêndidos! 

10. "Jeremias" - Canção composta e gravada originalmente por  Eraldo Taylor. Uma letra muito forte, Bíblia purinha! Talvez muitas pessoas não vão gostar dessa faixa, mas saiba que tem sempre um momento da nossa vida em que precisamos ouvir uma canção assim, e é nesse momento que acabamos entendo a letra. Fica a dica!! 

11. "Mestre" - Essa qui também muita gente conhece, principalmente na voz de Cristina Mel. E mais uma vez podemos ouvir uma bela regravação. Os arranjos de Ronny Barbosa não deixaram a desejar em momento algum! É musica pra coral minha gente! A composição é de Josué Teodoro.

12. "Unidos pela palavra" - O que ouvimos aqui é uma chanson romatinque (francês - canção romântica). Dá para perceber que a lera saiu do fundo do coração da compositora, que neste caso é a própria intérprete Elaine Martins. No encarte podemos ver até fotos do dia do casamento da cantora. 



CLASSIFICAÇÃO FINAL



© 2008-2014 Gospel Channel Brasil - SMK Company
Imagens: MK Music Poduções, Publicidade e Propaganda LTDA
Copie somente com autorização gospelchannel@globomail.com
SALVO AO INDICAR A FONTE

Resenha do novo CD de Eliane Silva "Senhor do tempo"

Gospel Channel/Provocador Gospel - Já estava conformado com a ideia de que nenhuma cantora pentecostal havia apresentado ao público um projeto gráfico bem feito. Mas realmente o melhor sempre fica para o final. Eliane Silva conseguiu encher meu olhos de lágrimas só de ver o belo trabalho que a designer Dalva Marim realizou em "Senhor do tempo". As fotos de Marcelo Michell ficaram lindas e o excelente projeto gráfico apenas complementou ainda mais o projeto.



"Senhor do tempo" é o primeiro CD solo inédito de Eliane Silva pela Sony Music. E com certeza esse foi o segundo encarte que eu gostei com o selo da gravadora. ( O primeiro, para os curiosos, foi "Diamante"). O álbum foi produzido por dois grandes nomes da música gospel, Melquezedeque Carvalhedo e Paulo César Baruk. Combinação perfeita que resultou em um belo estilo pop-pentecostal. Como sempre digo, quando um pop-pentecostal é bem produzido vale a pena dar um play nas músicas. Não espere que este CD esteja parecido com "Fenômeno de Glória" porque vai se decepcionar.



O CD saiu da Rimo Entertainment em AA 10.000 o que me assustou, já que o último disco da cantora veio com 70.000 cópias na primeira tiragem. E isso só confirma que a Sony Music tem muito medo de arriscar com o cast gospel. Após uma revisão estratégica, a Arvato Entertainment Europe GmbH alienou todas as suas ações da Sonopress-Rimo Indústria e Comércio Fonográfica SA (a "Companhia"). Daqui para frente, a empresa irá utilizar o nome comercial Rimo Entertainment e o Grupo Rimo irá gerir a empresa. Nelson Arrojo Jr. o atual CEO da empresa, permanecerá na empresa em uma posição de liderança. 

Em abril de 2013, a Arvato GmBh vendeu sua participação na administração da Sonopress à holding Woituch S.A, e parte da estrutura societária continuou pertencendo aos investidores brasileiros. A partir deste momento a Sonopress assumiu uma nova marca, a RIMO entertainment, com unidades em São Paulo e Manaus e mais de 700 colaboradores. Aposto que disso vocês não sabiam!!! [rs]

Os backs do CD estão ótimos: Daniel Augusto, Heitor Fujinami, Marcos Scheffel, Rodolfo Lota, Alexandre Cunha, Ugo Minoru (Até aqui Baruk), José Bonfim, Joelma Bonfim, Adiel Fer, Tita Fe e Rafael Oliveira. (Para Melk). 

O álbum chegou nas minhas mãos via Sedex (5 dias) e foi adquirido na loja Oficial da cantora Eliane Silva, então fica a dica para quem quiser comprar o CD. Para quem comprou com o playback junto somente será possível a entrega em janeiro devido a parada de fim de ano. O PB ainda não chegou da fábrica, chato né?!!!

Mais um detalhe que observei é que o encarte vem com uns errinhos nas letras bem chatinhos. Faltou ma revisão minuciosa antes de mandar para a fábrica, mas tudo bem, isso não é muito relevante até porque, como disse, são "errinhos". 

1. "Senhor do tempo" - A faixa é a música single do CD. Uma letra muito complexa mas de fácil entendimento, marca registrada do compositor Rogério Jr. Tema complicado mas que fica fácil de refletir com o desenrolar musical. Paulo César Baruk faz uma pequena participação no finalzinho da música. Falando em Baruk que arranjos lindos podemos conferir logo no carro chefe do CD.


2. "Santidade" - Creio que essa é a principal faixa do CD quando se fala nos corais da igreja. Uma bela sincronia de vozes, e mais uma vez arranjos bem feitos. A letra da música também chama atenção. Para pisar em lugar Santo é preciso tirar as sandálias dos pés; A sandália da mentira, da iniquidade, do adultério, da sujeira, da impureza, da fofoca porque tem que ter santidade na vida do adorador. Música muito linda mesmo. A composição é de Roberto Reis.

3. "90 graus" - Confesso que estava com um pouco de saudade das aulas de Agailton Silva!! Essa faixa combinou muito com Eliane Silva. "Deus vai fazer o mundo girar 90 graus" ô frase boa de pegar!! As músicas de Agailton são assim mesmas, facinhas de decorar. A letra remete-se um pouco ao tema do CD "Tempo". Tudo tem um tempo para acontecer, e esse tempo está nas mãos de Deus, nem que ele faça o mundo girar 90 graus, mas vai chegar a sua vez!! Essa música também foi gravada por Andréia Alencar em 2012.



4. "Tô na benção" - A faixa começa muito bem, mas na hora que ela parece que vai melhorar ainda mais, perde o impulso e desanima. Foi essa impressão que eu tive com a frase "Hoje o sonhador...", pensava que iria ter uma "explosão"musical, mas não foi isso que aconteceu. A canção volta a melhorar apenas no final nas repetições da frase "Eu tô na benção". A composição é de Tony Ricardo.

5. "Adoração de Jó" - Mais uma faixa que promete ser tocada em milhares de igrejas por todo o Brasil. É  a música mas longa do CD com quase 7 minutos de duração (6':46"). Melk arrasou nos arranjos e a interpretação da cantora e dos backs foram perfeitas. Essa música é a cara do conjunto dos Círculos de Oração, ao menos foi a impressão que ela me passou. Mesmo passando pela prova Jó Adorou, adorou, adorou, adorou, adorou... [rs] Canção perfeita. A composição é de Cristiana Ribeiro e contém uma rápida declamação do Pr Wanderlei Carceliano. 


6. "Ousadia e Fé" - A canção declara que quem é ungido e escolhido de Deus não deve temer e sim ir para a guerra com a certeza da vitória. Uma canção simples mas com uma palavra de vitória muito forte. A composição é de André Freire e Dani Malheiros. 

7. "Descansa" - Um sertanejo pentecostal bem gostoso de se ouvir (se existe forró pentecostal porque não sertanejo meu  amigo???) Para quem curte esse ritmo (assim como eu) vai adorar essa faixa. A composição é de Dill da dupla Os narizeus (Dill e Eli). A faixa ainda vem com a participação especial de André e Felipe. A dupla do ano do troféu Asafe.

8. "Ele me viu" - Samuel Mariano é nome do compositor dessa faixa, se você ainda não ouviu falar dele então se prepare, ele foi o segundo compositor mais votado na primeira edição do troféu Asafe. Muito conhecido na região norte e nordeste do Brasil e claro um grande compositor, pregador e cantor. A marca de Samuel Mariano é a música pentecostal, essa faixa não é uma das mais fortes que ele possui, mas mesmo assim Eliane Silva conseguiu fazer um belo trabalho. 

9. "Lá vem mais dois" - Todo mundo já sabe que não gosto de regravações, e Eliane Silva infelizmente fez isso. Essa canção é sucesso na voz do compositor Samuel Mariano e da nossa querida Amanda Ferrari. Confesso que a versão de Amanda me entusiasmou mais. Mesmo assim a versão de Eliane também não desanima. A música continua com uma melodia muito agradável. E claro, o timbre de Eliane Silva deixou a faixa com as características dela.

10. "Pra continuar" - A melodia dessa faixa é algo que toca em nossos corações. Há certos momentos que pensamos em desistir e se esconder de todos, mas é nessa hora que Deus vem ao nosso encontro para nos dar uma injeção de ânimo. Deus não desiste de mim nem de você. É pra continuar mesmo em meio as dificuldades. Sai caverna meu irmão!! A composição é de Dill.

11. "Ele vem" - Com um ritmo bem pop-pentecostal Eliane canta sobre o arrebatamento. É meus amigos, puro pentecostal hoje em dia é uma raridade (aliás tem uma cantoras no nordeste do Brasil que ainda vão dar o que falar por aqui no sudeste, mas vamos deixar isso para outra ocasião). Músicas com esse tema são marcas registradas do pentecostal e não pode faltar. A composição é de Mylena e Gislaine.

12. "A estrela maior" - Uma letra muito reflexiva para os dias de hoje. "A maior estrela não precisou de mídia para expandir seu ministério". Fato é que hoje em dia estão comercializando Deus, a Fé, o Gospel virou moda; antes música de crente tocava na alma com poucas palavras. Hoje tem ritmo para tudo quanto é estilo gospel!! Mas não devemos nos esquecer que a Glória e d'Ele. Ainda existem verdadeiros adoradores que não querem saber de fama. E é desses que Deus gosta! A composição é de Mylena e Gislaine. (Perceberam que o nome da dupla está sendo escrito ao contrário porque as músicas foram editadas pela Sony ATV Publishing e não pela MK Edições)



13. "Eu profetizo" - Pelo menos uma ao estilo que, no mínimo, lembra o pentecostal. A faixa também foi gravada por Kléo Venâncio. Fico triste ao ver que faltam oportunidades para novos compositores. Grandes cantoras estão preferindo regravar canções de cantoras menos conhecidas ao invés de dar uma chance a novos nomes. Aliás o compositor dessa faixa se chama Diego Henrique que editou essa canção com a Efrata Music Editora. Só para complementar, essa faixa é um "clichê" das antigas na música pentecostal. 




© 2008-2013 Gospel Channel Brasil -  SMK Company 
Imagens: Eliane Silva - Sony Music Entertainment Brasil
Cópia somente com autorização gospelchannel@globomail.com
Salvo ao indicar a fonte original

Resenha do novo CD de Aline Barros "Graça"

Aline Barros é a cantora gospel mais conhecida da nação brasileira. Cristão Católicos e evangélicos possuem em seus lares os CDs da artista. E a cada disco lançado Aline consegue entusiasmar. É incrível como ela não perde o ritmo; CD após CD as vendas são boas e os singles reconhecidos em todos os cantos do país.



Em apenas três dias de lançamento foram mais de 40.000 cópias vendidas da primeira tiragem de AA 100.000. O álbum reúne vários ritmos, desde o pop adoração até o rock. não é surpresa para ninguém dizer que até o público pentecostal se identifica bastante com as músicas de Aline. Foi assim com "Ressuscita-me", música que foi entoada em praticamente todos os ministérios das igrejas evangélicas espalhadas pelo Brasil.

A álbum foi produzido por Ruben Di Souza, e confesso que fiquei com certo receio, mas ao ouvir o CD percebi que foi uma parceria que deu certo. A masterização do CD ocorreu no Sterling Sound-Nova York e foi feita por Tom Coyne o mesmo que masterizou as faixas do álbum "O maior troféu" de Damares.



O Back vocal do CD não me agradou pelo fato de que em algumas faixas nem dá para percebe-los, até porque temos também a voz do público - o famoso "ao vivo" (aliás impressão de ao vivo).

O arte do CD poderia ter ficado melhor. No mínimo poderiam ter colocado fotos de página inteira. Infelizmente, mais uma vez, o encerte Digital ficou mais bonito que o físico. A MK Music tá falhando um pouco na hora de criar o projeto gráfico.

Muitas pessoas estão perguntando se a voz da Aline está diferente, e digo que sim. Dá para se notar uma grande diferença entre "Extraordinário amor de Deus" e "Graça" com relação a voz. Mas nada de alarmante, ainda ouvimos Aline atingindo notas altíssimas.

1. "Revolução" - A música que inicia o projeto já vem com um pop gospel de ritmo dançante. A letra da canção proclama que essa geração vai começar uma transformação em toda sociedade. A composição é de Pr. Lucas e Josué Godoi. E como sempre digo, se você não gosta do pop gospel então não compre esse CD!! Já eu gostei muito dessa faixa.


2. "Lugar seguro" - Só mesmo Anderson Freire para da uma acalmada! A segunda faixa do CD começa com um ritmo pop-adoração que no refrão sobe um pouco o tom. Uma das faixas mais tocadas em diversas rádios por todo o país. O refrão da música fala muito com a gente. Uma das partes mais bonitas da canção foi ouvir Aline e o público cantando "Ôooo" e depois voltando para o refrão. Quando se pensa que a música estava acabando logo temos o prazer de ouvir mais um pouquinho.


3. "Casa do pai" - O maior single do CD e a música mais tocadas por todo o Brasil, até no programa Raul Gil já cantaram. Se você enjoou (num bom sentido) de ouvir "Remove a minha pedra....", pois bem agora vão cansar de ouvir "Eu quero estar na casa do pai...". A canção é um verdadeiro clichê. Fácil de decorar e repetitiva. E verdadeiramente ela é muito boa. Perfeita escolha para single. A composição também é do Pr Lucas e Josué Godoi.



4. "Profetas dessa geração" - Mais uma vez temos um pop para dar uma animada no CD. O ritmo dessa canção faz bem aos ouvidos. O legal é ouvir o público fazendo papel de Back Vocal, de repente eles entram e já param de cantar na introdução. Uma perfeita combinação de vozes. Temos também um pouco do Rock pra galera que curti! A composição é do Pr Lucas.

5. "O poder da cruz" - Uma letra que me chamou atenção foi a desta canção. Vivemos atualmente uma realidade triste, onde muitos se gloriam e se esquecem realmente de quem é a Glória. Como diz a letra "Que Glória eu tenho se eu sou o curado que Jesus sarou?". Uma canção muito forte, até no ritmo. A composição é de Pr Lucas e Josué Godoi.


6. "Esperança" - Essa canção também está sendo uma das mais elogiadas pelo público. Aline Barros compôs essa música junto com Anderson Freire. Poderia até mesmo ser o principal single do CD. Um pop adoração que fala profundamente com a gente. Vocês podem ouvir dando um play logo abaixo.

7. "Tua palavra" - Ao ouvir o ritmo dessa faixa logo associamos ao compositor, que é nada menos que Fernandinho, que junto com Aline Barros fizeram dessa faixa um verdadeiro show para todos saírem do chão.


8. "Entrega / A Deus toda Glória" - Como sempre Aline Barros sempre gostou de cantar versões de músicas conhecidas internacionalmente em nosso idioma. A versão português de "Surrender" foi feita por Beto Tavares, Paulo e Greta Lira. O que fez da faixa uma das mais emocionantes do CD. Para mexer de vez com a gente temos ainda "My Tribute (To God be the Glory)" do cantor Andrae Crouch, assim como eu, creio que muitos já ouviram essa canção em inglês ou até mesmo na igreja. Fiquei muito feliz ao ver que Aline Barros regravou essa canção. Pra quem não sabe Vitorino Silva já gravou a música completa em 1981, Aline canta apenas o refrão e com uma versão diferente, feita por Gerson de Oliveira Gonçalves.

9."Santo" - Mais uma composição de Fernandinho, dessa vez aquelas de pura adoração. Hino perfeito para o grupo de jovens das igrejas ou para se iniciar o culto. Mesmo tendo uma letra curta, é o segundo hino mais longo do CD.  A canção exalta a Deus do início ao fim.

10. "Graça" - Aqui temos a canção que dá nome ao álbum. Me chama a atenção aqui o nome das compositoras, Estamos todos acostumados a ver elas nos CDs de cantoras pentecostais, mas dessa vez Gislaine e Mylena deram um show com essa faixa pop. Como diria um maestro amigo, "Essa música tem uns ritmos assim, "cósmicos" [rs].

11. "O fogo não descansa" - Mal acaba "Graça" e já temos "O fogo não descança". Mais um pouco de ritmo "cósmico" [rs]!!! Aline Barros se solta muito nessa faixa. "Fire Never Sleeps" é um sucesso enorme no Jesus Culture na voz de Martin Smith, e agora temos uma versão arrasadora em português feita pela própria Aline.



12. "O hino" - Voltando para um ritmo mais normal, temos outra música bastante conhecida internacionalmente através da banda PlanetShakers, banda focada nos jovens. "The anthem" é um louvor que também engrandece a Deus. Mais um que vai fazer um sucesso enorme no Brasil.


13. "Sou mais que vencedor" - Mais um pop/rock de Gislaine e Mylena. Uma música bem divertida mas que falha no refrão. Creio que poderia ter ficado melhor, o bom é que os arranjos conseguem salvar o conteúdo. O desfecho poderia ter, também, ficado melhor.

14. "Melhor pra mim" - Para finalizar o álbum temos mais uma canção de ritmo pop. E também uma versão nacional de outra canção internacionalmente conhecida, "Best for me" de Israel Houghton e Meleasa Houghton. Cantada por Darlene Zschech da banda Revealing Jesus a canção trás uma mensagem viva e ao mesmo tempo diverte aos que a escutam. A versão brasileira foi feita por Marco Moraes, Soraya Moraes e Rayssa Morael.





© 2008-2013 Gospel Channel Brasil - Todos os direitos reservados
contato: gospelchannel@globomail.com

© 2008-2021 Gospel Channel Brasil
Criado por templateszoo